Início / Agricultura / João Ponte: Plano para 2020 vai impulsionar desenvolvimento da agricultura na Ilha do Pico

João Ponte: Plano para 2020 vai impulsionar desenvolvimento da agricultura na Ilha do Pico

O secretário Regional da Agricultura e Florestas dos Açores afirmou, em São Roque do Pico, que o Plano para 2020 vai ajudar a impulsionar o desenvolvimento da agricultura naquela ilha, permitindo tirar partido das grandes potencialidades que o Pico tem para o crescimento da vitivinicultura, da produção de carne de bovino, da fruticultura, da horticultura e também da produção de leite.

“É um Plano que garante melhores condições de trabalho aos agricultores, com um reforço de verbas para a beneficiação dos caminhos agrícolas e para o abastecimento de água”, salientou João Ponte, acrescentando que “é um Plano que disponibiliza mais apoios ao investimento e à modernização das explorações agrícolas, com o lançamento de um novo aviso do PRORURAL+ e dos programas PROAGRI e I9AGRI”.

Prolongamento das ajudas agroambientais

“É um Plano que garante o prolongamento por mais um ano das ajudas agroambientais, com impacto directo no rendimento dos agricultores”, frisou o Secretário Regional, que falava quarta-feira perante mais de uma centena de agricultores na ilha do Pico.

O governante destacou ainda a importância da vitivinicultura para a Ilha do Pico e o crescimento e mudança estrutural registada na Região com um crescimento de produtores, da área de vinha reconvertida, de vinhos certificados e da produção, dando um grande contributo para o desenvolvimento económico da ilha.

Candidaturas ao VITIS

João Ponte recordou que decorrem até 31 de Janeiro as candidaturas ao novo aviso do programa VITIS, com uma dotação de quatro milhões de euros, considerando que esta é mais uma oportunidade para os viticultores do Pico darem continuidade ao processo de reconversão das vinhas, com impactos positivos na paisagem e na economia local.

O titular da pasta da Agricultura apelou à união de esforços no desenvolvimento sustentável da vitivinicultura, salientando esperar que o Fórum da Vinha e do Vinho, que se realiza em 2020 na ilha do Pico, “seja mais uma oportunidade para envolver todos os agentes do sector num projecto de grande relevância económica, para reforçar a notoriedade dos vinhos do Pico e para a defesa intransigente da genuinidade dos vinhos dos Açores”.

Sector da carne

No que se refere ao sector da carne, o secretário Regional destacou a importância dos produtores de carne do Pico apostarem mais no abate local, salientando os investimentos de modernização e certificação que foram feitos ao nível do matadouro da ilha, de forma a deixar mais valias económicas na ilha.

Por outro lado, João Ponte assegurou aos agricultores presentes o investimento de 800 mil euros na modernização das infra-estruturas agrícolas, apontando como exemplo a construção do reservatório do Landroal e do sistema de abastecimento da Lagoa do Paúl, bem como as intervenções nos caminhos agrícolas do Landroal e da Rosada, com o objectivo de melhorar as condições de trabalho dos agricultores, reduzir custos de produção e, sobretudo, melhorar a competitividade do sector agrícola.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

CNCFS leva Seminário sobre a Alfarroba a Loulé. Entrada gratuita

O Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos (CNCFS) organiza um Seminário sobre a Alfarroba, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.