Início / Agricultura / GNR identifica homem por crime de incêndio florestal. Queima estava autorizada

GNR identifica homem por crime de incêndio florestal. Queima estava autorizada

O Comando Territorial de Viseu da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de Protecção Ambiental de Mangualde, no dia 12 de Julho, identificou um homem de 77 anos, pela prática do crime de incêndio florestal por negligência, no concelho de Mangualde.

Queima estava devidamente comunicada

Após a realização de diligências no âmbito da investigação de um incêndio florestal ocorrido no dia 28 de Junho, foi possível identificar o seu autor, apurando-se que o incêndio teve origem numa queima de sobrantes florestais, em que o seu autor perdeu o controlo, acabando por consumir uma área 0,3 hectares de mato.

A queima estava devidamente comunicada à autarquia e ao ICNF.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Mangualde, explica um comunicado da GNR.

Ver também:

Atenção: Estamos em período crítico de incêndios. As queimadas estão proibidas

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

GPP leva debate sobre o ensino agrícola ao Instituto Superior de Agronomia

O Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral, em colaboração com o Instituto Superior de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.