Início / Agricultura / Cotações – Cereais – Informação Semanal – 28 Outubro a 3 Novembro 2019

Cotações – Cereais – Informação Semanal – 28 Outubro a 3 Novembro 2019

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Milho Grão

Na presente campanha (2019-2020), em Portugal continental, registou-se uma estabilização da área semeada com milho, após a tendência de diminuição verificada nas últimas 5 campanhas. A produtividade do milho de regadio foi idêntica à da campanha anterior, mas ligeiramente superior à média das últimas 5 campanhas (+2%).

Na semana em análise, prosseguiram as campanhas 2019-2020 de comercialização nas áreas de mercado Beira Litoral, Ribatejo e Alentejo. Na Beira Litoral, a procura por parte das fábricas de rações diminuiu, o que, conjugado com a precipitação ocorrida, fez cancelar algumas colheitas.

A nível nacional, as cotações no produtor variaram entre 165€/ton e 175€/ton.

Arroz

Na presente campanha (2019-2020), o volume de produção de arroz foi idêntico ao da campanha passada, apesar  e uma ligeira diminuição da área semeada. As colheitas foram iniciadas no final de Setembro.

Na semana em análise, prosseguiu a campanha 2019-2020 de comercialização na área de mercado Vale do Mondego, mas as transacções eram ainda diminutas, limitando-se aos pequenos produtores sem capacidade de armazenamento. Os preços definitivos só serão fixados no final da campanha.

As cotações no produtor variaram entre 360€/ton e 370€/ton (arroz longo A).

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Maria do Céu Albuquerque: “cultura do milho assume importância reconhecida pelo País e pelo Governo”

Partilhar            A ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, marcou presença na sessão de encerramento do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.