Início / Economia / Braga afirma-se como o terceiro maior concelho exportador do País

Braga afirma-se como o terceiro maior concelho exportador do País

O crescente dinamismo económico de Braga reflecte-se num peso cada vez maior do concelho nas exportações nacionais. No ano passado, as exportações de Braga cresceram 35%. Segundo o INE, Braga foi o 7º município do País com maior volume de exportações.

No entanto, se considerarmos o efeito de algumas empresas localizadas em Braga, mas com sede em Lisboa (como é o caso da APTIV), Braga foi no ano passado o 3º maior município exportador do País, tendo exportado no total 2.011 milhões de euros.

Plano Estratégico para o Desenvolvimento Económico de Braga

Estes são alguns dados económicos relevantes que constam na actualização do Plano Estratégico para o Desenvolvimento Económico de Braga (2014- 2026), apresentado pelo presidente da InvestBraga, Carlos Oliveira. O documento foi hoje, 23 de Maio, divulgado no Fórum Económico, que se realizou no âmbito da Semana da Economia e que contou com a presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

Neste evento, Carlos Oliveira adiantou ainda que, em termos acumulados, as exportações de bens e serviços em Braga tiveram um aumento de 101% entre 2013 e 2017. Outro indicador relevante é a geração líquida de emprego em Braga nos últimos anos. Entre 2014 e até 2017 foram criados em Braga mais de 8.000 postos de trabalho e o desemprego registou uma redução de 49%.

InvestBraga já apoiou 447 projectos

Mas há mais números que sobressaem: desde a sua fundação, a InvestBraga apoiou e acompanhou 447 projectos de investimento.

No campo do apoio ao empreendedorismo, a Startup Braga, deu apoio a mais de 270 empreendedores e a 115 startups que geraram mais de 400 postos de trabalho e captaram um total de 27 milhões de euros de financiamento em capital de risco e business angels.

“Os resultados gerados em termos de criação de emprego, de atracção de investimento e de crescimento das exportações mostram como Braga é cada vez mais um motor de desenvolvimento económico nacional. Foi o terceiro concelho mais exportador do país em 2017. Braga também se posiciona como uma cidade de referência no campo da investigação e inovação em Portugal”, afirma Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga.

“País mais completo e mais positivo”

O percurso de evolução registado pela região foi também elogiado pelo ministro da Economia. “Braga ajuda-me a ver um País mais completo e mais positivo. Muitos embaixadores têm-me reportado o dinamismo económico que têm encontrado em Braga. O concelho pode orgulhar-se de ter um conjunto de empresas que contribuem para o crescimento do País”, afirmou Manuel Caldeira Cabral. O governante adiantou ainda: “Braga mostra que deu um contributo importante para as exportações nacionais”.

Também Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, saudou os resultados obtidos e lançou metas para o futuro próximo: “Não tenho dúvidas de que daqui a um ano vamos ter o mesmo ritmo de criação de emprego e admito que até possamos registar um ritmo mais acelerado das exportações”.

Além de ser o palco para a InvestBraga apresentar um balanço dos quatro anos de actividade nas suas diversas áreas de actuação – Dinamização Económica, Startup Braga e Forum Braga – o Fórum Económico foi também o evento escolhido para o debate sobre as tendências relevantes para a economia portuguesa.

Inovação e Investimento

Sob o tema de “Inovação e Investimento”, o Fórum Económico contou também com as participações do comentador político, Luís Marques Mendes, que identificou três grandes áreas determinantes para o futuro da nossa economia: Inovação, internacionalização e digitalização. Destaque ainda para a intervenção do “keynote speaker”, Douglas Hart, do MIT que falou sobre o tema da inovação. Este mesmo tema foi ainda alvo da atenção de um painel de especialistas composto por António Cunha da Universidade do Minho; Carlos Ribas, administrador da Bosch Car e Luís Castro Henriques, presidente da AICEP.

Recorde-se que a 3ª edição da Semana da Economia é organizada pela InvestBraga, entre 21 e 25 de Maio, e tem como grande objectivo afirmar a visão da agência de dinamização económica do município para o modelo económico da região: Passar do conceito “made in Braga”, para o “invented/designed in Braga”.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

ADVID: Boletim do Ano Vitícola 2018 já está online

A ADVID – Associação Desenvolvimento da Viticultura Duriense acaba de disponibilizar o Boletim do Ano Vitícola …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.