Início / Agricultura / Bovinos, equinos e suínos. Vetaflumex e Finadyne já não têm dietanolamina. Suspensão levantada

Bovinos, equinos e suínos. Vetaflumex e Finadyne já não têm dietanolamina. Suspensão levantada

A DGAV – Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que os medicamentos veterinários, para bovinos, equinos e suínos, Finadyne 50 mg/ml e Vetaflumex 50 mg/ml, ambos em solução injectável, já não contêm dietanolamina, pelo que levantou a suspensão dos mesmos.

Os dois medicamentos passaram a ter como substância activa a flunixina meglumina (83 mg).

Substituição aprovada

Explica a Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária que, na sequência da suspensão das autorizações de introdução no mercado (AIM) dos medicamentos veterinários contendo dietanolamina e destinados a espécies produtoras de alimentos para consumo humano, algumas empresas submeteram pedidos de alteração para substituição do excipiente dietanolamina.

À medida que essas alterações vão sendo aprovadas estão supridas as deficiências que conduziram à suspensão da AIM desses medicamentos veterinários, deixando os mesmos de estar suspensos a partir da data de aprovação da alteração pela DGAV.

Actualização da lista

Deste modo, tendo sido feito o levantamento da suspensão do medicamento veterinário Finadyne 50 mg/ml e do Vetaflumex 50 mg/ml, solução injectável para bovinos, equinos e suínos com a AIM n.º 50752, a 23-07-2019, a DGAV procedeu à actualização da lista de medicamentos veterinários cuja suspensão foi levantada (ver aqui).

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Porto de Viana do Castelo cresce 19% na movimentação de mercadorias

O movimento de mercadorias no Porto de Viana do Castelo registou um crescimento de 19% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.