Início / Agricultura / Associação da Cortiça quer chegar aos 2 mil milhões de exportações até 2018

Associação da Cortiça quer chegar aos 2 mil milhões de exportações até 2018

A Associação Portuguesa da Cortiça (APCOR) acaba de lançar o InterCork III, Promoção Internacional da Cortiça que, num investimento de 7,8 milhões de euros, pretende reforçar a preponderância da cortiça no mundo, alcançando, nos próximos três anos, a meta dos mil milhões de euros em exportações.

Financiado por fundos comunitários, o novo InterCork decorrerá até 2017 e contemplará 10 mercados – Estados Unidos, França, Alemanha, Itália, China, Brasil, Espanha, Suécia, Dinamarca e Reino Unido – mais um do que na edição anterior.

“Em 2015 registámos um crescimento na ordem dos 6,3%, atingindo assim os 899,3 milhões de euros em exportações, pelo que, a manter a actual rota de crescimento constante e com uma campanha de promoção internacional eficaz, a meta dos mil milhões em 2018 é cada vez mais uma realidade”, afirma o presidente da APCOR, João Rui Ferreira.

As grandes novidades são o regresso à comunicação no Reino Unido, mercado não contemplado no anterior programa, e a aposta na divulgação das novas aplicações e potencialidades da cortiça junto das Universidades e Centros de Investigação e Desenvolvimento.

Dirigida essencialmente ao grande público, mas também às indústrias nas quais a matéria-prima apresenta um forte potencial, a nova campanha promete mostrar como a cortiça pode ser um verdadeiro laboratório vivo, apresentando as suas mil e uma aplicações para os mais variados sectores de actividade.

Agências de comunicação escolhidas até fim de Setembro

O concurso público internacional para a escolha das agências de comunicação deverá estar concluído até ao final do terceiro trimestre de 2016, altura a partir da qual terá início a campanha nos mercados identificados.

Recorde-se que, num investimento global que representa já os 50 milhões de euros e com mais de uma dezena de prémios arrecadados, o InterCork III é a sétima campanha de comunicação e promoção da cortiça portuguesa no mundo desde 1999.

Fundada em 1956, a Associação Portuguesa da Cortiça (APCOR) está no mercado há 60 anos e é hoje a única associação patronal do sector em Portugal. Sediada no coração da indústria corticeira, no concelho de Santa Maria da Feira, a APCOR representa actualmente 270 empresas – responsáveis por 80% do volume total de negócios do sector e 85% das exportações portuguesas de cortiça.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

APDL promove simulacro de colisão entre barco Rabelo e Navio-Hotel no Douro

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) vai realizar o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.