Início / Agricultura / Aprenda a plantar espargos na sua horta: como começar

Aprenda a plantar espargos na sua horta: como começar

Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola

Espargos: uma cultura em ascensão

Originalmente, a cultura do espargo fazia-se na região do Mediterrâneo e parte da Ásia. Esta cultura iniciou-se há mais de 2000 anos. Civilizações como a egípcia e a grega utilizavam espargos selvagens para fins medicinais, mas o cultivo foi implementado pela civilização romana. Actualmente, a cultura dos espargos é muito valorizada, e são várias as pessoas que querem aprender a produzi-la. Se tem uma horta ou um pequeno terreno agrícola e quer aprender a cultivar espargos, este artigo é para si.

Espargos na horta:  morfologia e classificação das cultivares

  • Em termos de forma, os espargos são alongados e apresentam folhas em forma de escama, de pequenas dimensões, na parte superior.
    Podem medir entre 20-40cm. Quanto ao diâmetro, este  vai depender da categoria em que se insere o espargo.

como plantar espargos na horta

Diâmetros dos espargos

Um espargo fino é aquele que tem menos de 9mm de diâmetro;

Um espargo com diâmetro médio possui entre 9-11mm;

  • Um espargo grosso possui um diâmetro entre 11-14mm;
  • Um espargo extra-grosso possuiu  um diâmetro  entre 14-19mm.
  • Nota: da categoria na qual se insere o espargo depende também o peso.
  • A cor dos espargos

  • Os espargos podem ser divididos em dois grupos, conforme a cor que apresentam.
    Espargos verdes são também conhecidos como espargos amargos. Apresentam cor verde porque se desenvolvem à superfície estando assim em contacto com a luz solar.
    Espargos brancos desenvolvem-se subterraneamente e não recebem luz solar, logo não há ativação da clorofila.
  • como plantar espargos na horta
    Espargos brancos. Estes espargos requerem um processo de colheita mais complexo, sendo necessário afastar a terra para que a faca ao entrar no solo não provoque danos no rizoma. Se o espargo não for produzido debaixo de plástico, a sua colheita deve ser feita quando a ponta surgir à superfície.
  • Informações importantes

  • Esta planta pode sobreviver vários anos uma vez que rebenta de novo todos os anos a partir do rizoma (caule subterrâneo). As suas  raízes ( divergentes, também chamadas de garras) são carnudas e tem como principal função a reserva. Na base da garra emergem todos os anos as  gemas que posteriormente geram os turiões (parte comestível do espargo). As garras demoram 2 anos a ser produzidas.
    Os caules dos espargos são aéreos (quando não há colheita do turião), anuais, herbáceos e de eixo aprumado, podendo atingir cerca de 1,5m.
  • como plantar espargos na horta
    O espargo pertence ao grupo das plantas dióicas, ou seja, apresentem flores masculinas e femininas. As flores femininas caracterizam-se por apresentarem forma de sino, pequenas dimensões e surgem nas axilas das folhas, possuindo uma cor verde-amarelada. Os espargos podem ainda dar origem a um  fruto , uma baga globosa que pode ter até 0,5cm de diâmetro. Na fase de maturação, esta  fica com uma cor avermelhada e no seu interior existe uma ou duas sementes.
  • Como cultivar espargos na horta: conheça os métodos

  • sementeira directa;
  • A transplantação de plântulas com 10 a 12 semanas;
  • A plantação de coroas (conjunto de raízes) com 1 ano de idade (caso opte por este método, terá mais sucesso se plantar coroas com 1 ano de idade, uma vez que  o processo de plantação é muito mais simples, desdobrando-se em 3 anos de cultivo).

O método da plantação das coroas

1º ano de cultivo: nesta fase inicial,  os espargos nunca devem ser colhidos e só devem ser realizadas algumas  operações culturais, bem como tratamentos fitossanitários necessários para manter os espargos livres de pragas, doenças e infestantes.

2º ano de cultivo: realizam-se operações culturais semelhantes às que enunciei no tópico anterior, de forma a que as raízes se desenvolvam adequadamente, acumulando reservas para   o crescimento nos próximos anos. Em casos mais raros, já se poderá colher os turiões a partir desde ano, pois já estarão prontos a serem consumidos.

3º ano de cultivo: é a partir deste ano que se  inicia a colheita dos espargos, que pode ir até ao sétimo ou oitavo ano de cultura. Mesmo que a cultura dos espargos possa se estender até aos  7 ou 8 anos de produção contínua, nos últimos anos  a sua produtividade vai  diminuindo devido a problemas de doenças, pragas, infestantes, entre outros factores.

como plantar espargos na horta

Dicas para plantar espargos na sua horta

  1. Em primeiro lugar, e se possível, deve escolher um local onde nunca tenha plantado qualquer tipo de cultura, de modo a reduzir a possibilidade de contaminação por fungos no solo. O terreno agrícola deve estar limpo de plantas infestantes uma vez que estas podem interferir com o crescimento e desenvolvimento dos espargos na sua horta.
  2. Depois, deve fazer uma fertilização de fundo com estrume por exemplo, no local onde vai plantar os seus espargos. Para plantar os espargos, deve abrir um buraco com cerca de 20 centímetros de profundidade e fazer um camalhão abaixo do nível do solo.  Posteriormente, deve colocar as coroas espaçadas entre si com uma distância entre  20 a 30 centímetros e cerca de 1,5m entre valas. Após colocar as coroas nas valas, cobra-as com cerca de  5 centímetros de terra.

como plantar espargos na horta

Os espargos preferem  solos profundos, bem drenados e com uma boa percentagem de areia. Quanto à acidez do solo, o pH  deve situar-se entre os 6,2 e os 6,7. Os macronutrientes como o fósforo e o potássio têm de ser introduzidos no solo antes da plantação dos espargos.

No que diz respeita às adubações, deve adubar as plantas de espargos na Primavera (Março),  não se devendo esquecer de adubar após a colheita (Maio/Junho), para garantir que a planta reponha as reservas que foram consumidas.

Quanto à temperatura, o espargo adapta-se a uma grande diversidade de climas, preferindo  climas temperados e suaves. Esta cultura necessita de um período de repouso vegetativo de pelo menos 90 dias (coincide com o período do Inverno).

Quando colher os espargos da sua horta?

Os espargos só podem ser colhidos após o 3º ano da cultura, geralmente entre Janeiro e Maio. O processo de colheita é feito por corte junto à base do turião quando estes têm um comprimento de cerca de 20cm. Caso atrase muito a colheita desta cultura, os  turiões lenhificam e acabam por adquirir um sabor  amargo. A colheita pode ser manual ou mecanizada. Mas visto que provavelmente o local onde produziu foi a sua horta, não são necessários máquinas agrícolas para o efeito.

Deve escolher a parte inicial do dia (manhãs) para fazer as suas colheitas de espargos. No momento pós- colheita, deve lavar os espargos, e fazer os molhos e etiquetas, caso venda grande parte da sua produção.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Capoulas Santos atribui à IACA a Medalha de Honra da Agricultura

O actual Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, , na sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.