Início / Apoios e Oportunidades / Angola: Empresa Nacional de Pesca Industrial à beira da falência pode ir para privados

Angola: Empresa Nacional de Pesca Industrial à beira da falência pode ir para privados

A empresa estatal angolana Peskwanza — Empresa Nacional de Pesca Industrial está em falência técnica, disse a ministra das Pescas e do Mar daquele país de língua oficial portuguesa. Mas o governo de Angola não baixa os braços e garante que vai estudar a melhor forma de repor o seu funcionamento.

Maria Antonieta Baptista, que na ocasião visitava as áreas de processamento de pescado, câmaras de produção de gelo e a ponte cais da empresa, disse que, ao abrigo do programa de privatizações de empresas públicas, estarão em análise ou a venda da empresa ou a concessão da sua gestão e exploração.

Degradação progressiva

Segunda avança a agência Angop, a visita da ministra teve como objectivo ver o ponto de degradação da Peskwanza, que já foi uma das maiores empresas da província do Cuanza Sul e mesmo de Angola.

Actualmente, a empresa está paralisada e com as suas infra-estruturas em degradação progressiva.

Faltam embarcações para pesca

Por sua vez, o director-adjunto da Peskwanza, Januário Raul João, disse que a empresa tem neste momento falta de embarcações para a pesca. Das 14 que existiam, das quais sete de arrasto com capacidade de 250 toneladas cada, cinco de mariscos diversos e o restante de cerco de 250 toneladas cada, deterioraram-se.

Raul João disse ainda que a decadência da empresa iniciou-se no ano 2000 e acrescentou que os encargos administrativos e financeiros são suportados através do aluguer, a empresas privadas, das suas licenças de pesca, o que permite pagar salários aos 81 trabalhadores existentes dos 400 que já teve.

A Empresa Nacional de Pesca Industrial foi constituída em 1987 com sede na cidade de Porto Amboim, tendo como actividade principal a captura, transformação, conservação e comercialização de pescado.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Espanha: Agricultores de Valência fazem manifestação pelos baixos preços das uvas

Os agricultores espanhóis da região de Valência estão preocupados com os baixos preços da uva. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.