Início / Agricultura / Vendas de vinho generoso “Madeira” caem 7,3% no 1.º trimestre de 2021

Vendas de vinho generoso “Madeira” caem 7,3% no 1.º trimestre de 2021

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A comercialização de vinho generoso “Madeira” rondou os 617 mil litros no primeiro trimestre de 2021, o que se traduziu em receitas de primeira venda de 3,6 milhões de euros, revela a Direcção Regional de Estatística da Madeira, com base nos dados provenientes do Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira (IVBAM). Comparativamente ao período homólogo, registaram-se diminuições de 4,8% e 7,3% na quantidade e em valor, respectivamente.

Em termos homólogos, as exportações para os países da União Europeia subiram 1,6% em volume e 9,3% em valor e no caso dos países terceiros as vendas cresceram 17,2% em quantidade e 10,6% em receitas de primeira venda. Ao invés, as vendas de vinho “Madeira” realizadas no conjunto do território nacional diminuíram tanto em volume (-58,5%) como em valor (-62,5%), determinando assim a redução global acima referida.

Vendas para os EUA em alta

Analisando o trimestre em referência, e por comparação com o mesmo período de 2020, a Direcção Regional de Estatística da Madeira realça o crescimento nas vendas para os Estados Unidos da América (69,5% nas quantidades e 47,0% em valor), Reino Unido (48,6% em quantidade e 45,3% em valor) e Alemanha (44,1% em quantidade e 50,2% em valor).

De sublinhar também o aumento de 105,9% nas quantidades de Vinho “Madeira” exportadas para a China, muito embora as receitas de primeira venda para este destino tenham caído 15,6%. Em sentido contrário, destaque para as reduções de vendas verificadas nos mercados japonês (-48,1% em quantidade e -57,3% em valor), dinamarquês (-27,1% em volume e -16,1% nas receitas de primeira venda) e sueco (-10,2% em quantidade e -21,8% em valor).

Por sua vez, as vendas no mercado regional diminuíram 68,4% em volume e 78,0% em valor.

Engarrafamento cresceu em 2020

Em 2020, o engarrafamento de vinho com DO Madeirense cresceu em volume e valor, ao contrário do observado nas bebidas espirituosas e no vinho IG “Terras Madeirenses»

As bebidas espirituosas produzidas e engarrafadas na Região Autónoma da Madeira totalizaram, em 2020, os 616,4 milhares de litros, observando-se um decréscimo de 29,4% face ao ano precedente, comum às diferentes bebidas produzidas, mas cujo principal contributo adveio da redução de 43,0% no Licor e de 20,5% no “Rum da Madeira”.

O valor correspondente àquela quantidade cifrou-se em 3,1 milhões de euros, -32,4% que em 2019. Em termos de quantidades, o “Rum da Madeira” representaram 67,3% do total, enquanto os licores concentraram 31,6%.

Em 2020, a comercialização de bebidas espirituosas produzidas na Região não ultrapassou os 634,4 mil litros (-36,3% que em 2019), significando 3,8 milhões de euros (-35,2% que no ano precedente) em receitas de primeira venda. 82,9% do valor de vendas realizou-se na Região. Nos mercados externos, destaca-se a França para onde se exportou “Rum da Madeira” no valor de 252,4 mil euros (+3,4% que em 2019).

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Açores já têm formados os primeiros 18 auditores para o bem-estar animal na produção de leite e carne

Partilhar            A Região Autónoma dos Açores já tem formados os primeiros 18 auditores para o bem-estar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.