Início / Featured / Terminal Multiusos de Sines atinge volumes históricos no embarque de minério

Terminal Multiusos de Sines atinge volumes históricos no embarque de minério

O Terminal Multiusos de Sines (TMS) concessionado à empresa PortSines, do Grupo ETE, concluiu no dia 17 de Março, o embarque de 75.000 toneladas de minério de ferro, naquela que constituiu “uma operação com volumes nunca atingidos pelo terminal neste segmento, correspondendo a uma movimentação de alta performance que registou um ritmo médio de 860 toneladas/hora, com apenas uma grua”.

“Este carregamento de minério de ferro, com origem na América do Norte, vem reforçar o posicionamento de Sines como hub estratégico para esta tipologia de carga, tirando partido do conceito multiusos deste terminal, apto a movimentar diferentes tipos de carga, quer no segmento dos granéis sólidos, quer ainda ao nível de carga de projecto”, refere uma nota de imprensa daquela infra-estrutura portuária.

E relembra que a APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve e a Portsines “têm vindo a promover as características únicas desta infra-estrutura em mercados estratégicos como a América Latina e a América do Sul, potenciando a oferta de excelência para a movimentação de diferentes tipos de carga, salientando, de igual modo, o elevado potencial para o segmento agroalimentar”.

Por outro lado, destaca ainda “as características físicas deste terminal, com capacidade para operar navios até às 190 mil toneladas Dwt, oferecendo fundos de 18 metros ZH, ligações à rede rodoferroviária nacional, bem como à ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Montenegro promete resolver problema do assoreamento do Porto de Pesca da Póvoa de Varzim

Partilhar              O primeiro-ministro, Luís Montenegro, esteve presente cerimónia de encerramento das comemorações do 50º aniversário de …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.