Início / Agricultura / Número de porcas reprodutoras sofre queda de 2% em 2023

Número de porcas reprodutoras sofre queda de 2% em 2023

O IFAP – Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas já disponibilizou os dados do período obrigatório de declarações de existências (DES ) de suínos de Dezembro de 2023. Segundo a análise da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores, o efectivo reprodutor registou uma quebra de 2%.

No total, Portugal registou 2.163.641 suínos, uma diminuição de 1,2% em relação ao último período de DES (Agosto) e uma diminuição de 1% no período homólogo. Foram registadas 4.545 declarações, mais 344 do que em Agosto, mas menos 183 do que há um ano, avança a FPAS.

No que diz respeito ao número de porcas reprodutoras, foram registadas 188.248 porcas, menos 2% do que em Dezembro de 2022, mas mais 1.500 porcas do que em Agosto.

Ainda segundo a análise da FPAS, no número de leitões registou-se uma diminuição de 39 mil cabeças para um total de 829.981 e no conjunto das classes dos animais cria, recria e engorda, houve uma diminuição de 30 mil porcos para um valor global de 1.942.935 animais.

Por NUTII, a região do Alentejo tem 44,2% do efectivo nacional, a região Centro 40,3%, a Grande Lisboa 11,1%, o Norte apresenta 2% do efectivo, a Região Autónoma dos Açores 1,8% e o Algarve 0,6%. A Região Autónoma da Madeira não é representativa na produção de suínos.

Pode consultar os dados disponibilizados pelo IFAP aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Eurodeputados portugueses e espanhóis juntos na defesa do regadio em Bruxelas

Partilhar              Eurodeputados portugueses e espanhóis, reunidos no 3º Congresso Ibérico do Milho, concordaram que “o regadio …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.