Início / Agricultura / Madeira vai ter mais espaços para explorações agrícolas nos parques empresariais

Madeira vai ter mais espaços para explorações agrícolas nos parques empresariais

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, anunciou o aumento dos espaços para explorações agrícolas nos parques empresariais.

O anuncio foi feito na Calheta, e a medida é para será aplicada “em breve”, prometendo o alargamento das áreas disponíveis em parques empresariais para a instalação de produções agrícolas de ponta.

Miguel Albuquerque falava durante a visita a uma nova exploração agrícola, da empresa Naipe de Génios, do empresário Jorge Gonçalves, a quem o governante elogiou a dinâmica empresarial e a qualidade da produção de pimentos.

Alteração no regulamento dos parques

Para que seja possível aumentar o espaço para novas empresas agrícolas, terá de ser feita uma alteração no regulamento dos Parques Empresariais, o que, garantiu, vai “acontecer de imediato”.

O governante referiu que, com o seu Governo, as coisas são para andar para a frente, não para os lados, como em Lisboa. “O que interessa é resolver as coisas, marcar os golos”, sublinhou.

O terreno visitado tem 5.300 metros quadrados, com uma estufa com 4.520 metros quadrados, cujos tratamentos são baseados num método inovador.

O investimento, de 464 mil euros, financiado pelo PRODERAM, prevê produzir 16.500 plantas por ano, ou seja, 164 mil quilos.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Martini desafia patrões a darem tarde livre aos portugueses para apoiarem a restauração nacional

Partilhar            A Martini, no regresso de muitos espaços de restauração e bares à actividade (quase) plena, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.