Início / Agricultura / Legislativas 2024. IL quer “encarar regadio como eixo central da competitividade agrícola”
© IL

Legislativas 2024. IL quer “encarar regadio como eixo central da competitividade agrícola”

A Iniciativa Liberal (IL) pretende “encarar o regadio como eixo central da competitividade agrícola”. “As culturas de regadio chegam a ser seis vezes mais produtivas por hectare do que as culturas de sequeiro. Ainda que esta continue a fazer sentido em muitas regiões do País, nomeadamente no Centro e no Norte, é na região Sul que verificamos que o regadio pode ser mais competitivo”, refere o programa eleitoral do partido para as eleições legislativas antecipadas de 10 de Março.

Por isso, a Iniciativa Liberal “continuará a defender um Plano Nacional de Regadio ambicioso, o que necessitará de um Ministério da Agricultura realmente capaz de executar e consolidar os vários programas de financiamento europeu a que tem acesso”.

“Os agricultores não podem suportar mais as esperas infindáveis pela construção das infra-estruturas de que precisam, como não é aceitável que se continue a apostar em sistemas de rega gravítica em territórios mais acidentados”, realça o programa da IL.

Além disso, refere que “há demasiadas albufeiras cuja manutenção e limpeza não está em dia, prejudicando gravemente a eficiência do uso de água em Portugal: podemos obter muito mais ganhos de eficiência no uso da água se assim o fizermos. Podemos assegurar a constituição de perímetro de rega maiores, utilizando a mesma água, desde que se baixem os limites de rega por hectare e se aposte na viabilização da transacção de títulos de uso de água em perímetros públicos de rega”.

Pode ler o programa eleitoral da Iniciativa Liberal aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Eurodeputados portugueses e espanhóis juntos na defesa do regadio em Bruxelas

Partilhar              Eurodeputados portugueses e espanhóis, reunidos no 3º Congresso Ibérico do Milho, concordaram que “o regadio …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.