Início / Agricultura / CEPAAL recebe prémio no WOOE pela defesa e promoção dos azeites portugueses

CEPAAL recebe prémio no WOOE pela defesa e promoção dos azeites portugueses

O CEPAAL – Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo, no ano em que comemora 25 anos da sua constituição, vê o trabalho em prol do sector olivícola/oleícola português ser distinguido pela organização do World Olive Oil Exhibition (WOOE).

O CEPAAL é uma associação sem fins lucrativos, que nasceu em 1999, com o objectivo de potenciar o estudo e a promoção do azeite e olival português em geral, e do azeite e olival do Alentejo em particular. Tem entre os seus associados 28 produtores e 12 instituições ligadas ao sector olivícola e oleícola, incluindo organismos do Estado, municípios e estabelecimentos de ensino superior.

No âmbito das suas actividades, desenvolve e implementa acções de promoção do Azeite do Alentejo, a nível nacional e internacional, é a entidade responsável pela organização do Concurso Nacional de Azeites de Portugal, integrado na Feira Nacional de Agricultura, e pelo Concurso de Azeite Virgem da Feira Nacional de Olivicultura, sendo também a entidade responsável pela organização do Congresso Nacional do Azeite e do Festival do Azeite Novo.

Ao longo dos seus 25 anos o CEPAAL tem trabalhado lado a lado com os produtores, com as instituições e com a academia pela defesa do sector, unindo esforços e criando sinergias na valorização e promoção dos Azeites do Alentejo dentro e fora de Portugal, sendo este trabalho agora reconhecido com o “Prémio Excelência WOOE 2024”, que será entregue no dia 26 de Fevereiro, numa cerimónia que terá lugar no IFEMA, em Madrid.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

CCIP promove conferência “Sustentabilidade e Competitividade” em parceria com Novo Banco

Partilhar              A Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP), em parceria com o Novo Banco e …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.