Início / Agricultura / Biond refloresta 115 hectares de floresta ardida em Pedrogão Grande

Biond refloresta 115 hectares de floresta ardida em Pedrogão Grande

A Biond — Associação das Bioindústrias de Base Florestal planeou e concretizou um programa de reflorestação em Pedrogão Grande que devolveu a vida à floresta e a esperança à população, após os incêndios de 2017. Com o projecto “ReNascer Pedrógão”, onde pouco mais havia do que cinzas, foram plantadas várias espécies, entre as quais: carvalhos, eucaliptos, medronheiros e pinheiro-bravo, obedecendo às melhores práticas.

Em números: foram rearborizados 115 hectares de floresta ardida, pertencentes a 44 pequenos proprietários privados que aderiram de forma voluntária, e foram construídos ou beneficiados 54km de caminhos e aceiros, refere um comunicado de imprensa da Biond.

O programa foi autorizado pelo ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, concretizado em parceria com a APFLOR — Associação dos Produtores e Proprietários Florestais e “elogiado pela Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrogão Grande”, adianta o mesmo comunicado.

O projecto da Biond teve como consequência “estimular a biodiversidade, o investimento e a resiliência da floresta, conseguindo, simultaneamente, dar um novo ânimo a uma população rural que tem desesperado por apoios e medidas para recuperar a vida na floresta, base de desenvolvimento social e económico da região, mas cujo retorno é sistematicamente comprometido pelo abandono, a ausência de gestão, e a fragmentação da propriedade”.

Para Tânia Ferreira, da Associação dos Produtores e Proprietários Florestais este “não é mais um plano, não é mais um projecto vendido. Há obra, obra feita. Não está esquecido numa gaveta”. E Alda Coelho, proprietária florestal, reforça que “nós nunca tivemos apoios de ninguém e este foi o primeiro que apareceu. Nós aceitámos de boa vontade, de mãos abertas. Viessem mais assim”.

Por sua vez, Dina Duarte, presidente da Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrogão Grande, também reconhece mérito à obra feita pela Biond: “foram os primeiros a aparecer com uma solução de restruturação da floresta. Achamos que é generoso da parte deles ensinarem-nos a fazer (…) para que este chão, que é tão produtivo não fique abandonado”.

https://www.youtube.com/watch?v=BWPuRpaITHQ

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Armadilhas do Município de Montalegre já capturaram 14.801 vespas asiáticas em 2024

Partilhar              A Câmara Municipal de Montalegre tem em curso, desde inícios de Março, a nova campanha …

Um comentário

  1. olá, viemos de Pedrógão grande. Adoraríamos poder ajudar nossa comunidade ajudando seu projeto. Você precisa mobilizar pessoas para o replantio? ou outros serviços que poderíamos prestar? Ficaríamos encantados e honrados em poder participar do bem-estar de nossa Michael, Marion e Tomi

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.