Início / Apoios e Oportunidades / Apoios Comunitários / Docapesca investe 236 mil euros no Porto de Pesca de Matosinhos

Docapesca investe 236 mil euros no Porto de Pesca de Matosinhos

A Docapesca – Portos e Lotas abriu o concurso para a requalificação do sistema de captação de água salgada, filtragem e tratamento prévio à distribuição às pontes-cais do Porto de Pesca de Matosinhos, com um preço base de 235.902 euros e um prazo máximo de execução de 120 dias.

Esta requalificação, co-financiada pelo programa operacional Mar 2020, envolve a remodelação total da actual infra-estrutura de captação de água salgada, instalada no topo da Ponte-Cais n.º 1, incluindo a substituição das bombas submersíveis de captação de água salgada, os filtros de areias, os dispositivos de desinfecção por irradiação de UV e a substituição de dispositivos de controlo hidráulico degradados ou avariados, bem como a beneficiação de todo o circuito de ar-comprimido e de injecção de hipoclorito.

Trabalhos de reparação e pintura

Está igualmente prevista a beneficiação da estrutura que abriga toda esta instalação, bem como a realização de pequenos trabalhos de reparação de betão e pintura de paredes na sala de bombagem, tratamento e armazenagem de água salgada do edifício da Lota.

O planeamento dos trabalhos irá garantir que não ocorra a interrupção do abastecimento de água salgada aos múltiplos consumidores existentes no porto de pesca, garante fonte da Docapesca.

A Docapesca – Portos e Lotas é uma empresa do Sector Empresarial do Estado tutelada pela ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, tendo a seu cargo, no continente, o serviço da primeira venda de pescado e o apoio ao sector da pesca e respectivos portos, dispondo de 22 lotas e 37 postos.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Vitas lança em Portugal os Innovation Awards Roullier 2020. Candidaturas abertas

A Vitas Portugal informa que os Innovation Awards Roullier 2020 têm candidaturas abertas até às …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.