Início / Agenda / Curso Modo de Produção Biológico tem inscrições abertas até 13 de Julho

Curso Modo de Produção Biológico tem inscrições abertas até 13 de Julho

A Agrobio – Associação Portuguesa de Agricultura Biológica tem abertas as inscrições para o Curso Modo de Produção Biológico, que decorrerá na ESAC (Escola Superior Agrária de Coimbra), em Coimbra, de 18 de Julho a 30 de Julho (horário pós-laboral), e cuja informação poderá ser consultada aqui.

A data limite para a inscrição é 13 de Julho, ou antes por lotação de vagas.

Esta formação é obrigatória para os candidatos ao apoio de conversão à Agricultura Biológica, segundo a Medida 7.1.1 das Ajudas Agroambientais.

As inscrições serão aceites por ordem de chegada da ficha de inscrição (aqui), com o comprovativo de pagamento (NIB para pagamento: 0045 9060 4018 0519 6784 5).

Conteúdos a serem abordados nesta formação:
– Introdução ao Modo de Produção Biológico
– Conservação do solo e da água
– Fertilidade e fertilização do solo
– Protecção das plantas
– Modo de Produção Biológico de produtos agrícolas de origem vegetal
– Modo de Produção Biológico de produtos animais e de origem animal
– Acondicionamento e comercialização
– Controlo e certificação
– Conversão para o Modo de Produção Biológico

O curso destina-se a agricultores, mão-de-obra agrícola familiar ou trabalhadores agrícolas eventuais ou permanentes, sem formação ou experiência em agricultura biológica. Escolaridade mínima obrigatória.

Esta formação qualifica os produtores para produzirem segundo o modo de produção biológico (Regulamento (CE) nº 834/2007 do Conselho de 28 de Junho e respectivas actualizações).

Preços

Associados Geral – 295€

Não Associados – 320€

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 11 a 17 Novembro 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas As cotações médias nacionais dos novilhos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.