Início / Agenda / 2ª Edição do Acelerador i-Danha Food Lab tem inscrições abertas até 15 de Abril

2ª Edição do Acelerador i-Danha Food Lab tem inscrições abertas até 15 de Abril

Após o sucesso da 1ª edição, a BGI está pronta para lançar a 2ª edição do Acelerador i-Danha Food Lab. Candidatos: startups de foodtech e agritech podem contar com suporte até 15.000 euros, acesso a uma rede de contactos e mentoria personalizada 1:1 por 12 semanas, para desenvolver o modelo de negócios e tornar-se na próxima história de sucesso portuguesa.

Para aqueles que não acompanharam o trabalho da BGI, no ano passado, a 1 ª edição do Acelerador i-Danha Food Lab, apoiado pelo município de Idanha-a-Nova, contou com 6 startups que já estão testar as suas tecnologias em Idanha-a-Nova.

Evento com 74 startups

Além disso, pela segunda vez, a BGI organizou o Evento Anual i-Danha Food Lab, que contou com a presença de mais de 74 startups apoiadas pela União Europeia, a presença do ministro do Ambiente e a secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Ambos apoiam a iniciativa, juntamente com o Greenfest e o Boom (ver aqui o vídeo).

E 2018 traz mais oportunidades. O município de Idanha tem um banco de terras de mais de 500 hectares, que será gradualmente aumentado nos próximos 3 anos para 1.000 hectares, com o objectivo de criar uma instalação de teste onde várias tecnologias podem ser testadas (por empresas e startups), de forma a melhorar ambas termos de mitigação de CO2, uso nulo de produtos químicos e uso sustentável da terra, impacto ambiental e eficiência em toda a cadeia de valor na indústria alimentar.

BGI conseguiu 155 M€

A BGI é a aceleradora de startups portuguesa que arrecadou mais dinheiro em Portugal: mais de 155 milhões de euros e, juntamente com as distinções dos 20 maiores aceleradores da Europa (pela Fundacity) e os 100 maiores do Mundo (por HotTopics).

O que procura a aceleradora?

A BGI está à procura de empreendedores ambiciosos com inovações disruptivas que precisam de orientação e condições para testes/demonstrações, a partir de duas vias principais: novos modelos de negócios para negócios tradicionais; e empresas de base tecnológica (startups).

As verticais para este programa de aceleração são:

  • AgriTech – Agricultura sustentável em toda a cadeia de valor, ex: aquaponia, hidroponia, bioponia, robôs agrícolas, parametrização/sistemas de controlo;
  • FoodTech – Novas técnicas gastronómicas, utilizando alimentos macrobióticos, recursos macrobióticos endógenos de Idanha, ex. Robotização de padarias, novas transformações/sistemas alimentares;
  • TechDistribution – Novos canais de distribuição de alimentos biológicos com melhores condições de manutenção, ex. Desenvolvimento de economia colaborativa: peer-to-peer (por Internet, geolocalização, Apps), novos pacotes para melhorar validade.

Programa de aceleração

O Programa de Aceleração está dividido em:

  • Fase I: 1º Bootcamp em Idanha e Programa de Mentoria
    O bootcamp terá a duração de 2 dias e envolve mentoria e workshops nas 3 verticais. Durante os 3 meses, cada equipa irá trabalhar com o mentor que lhe foi atribuído na estratégia Go-to-Market (reunião de uma hora por semana), tendo também reuniões de mentoria com especialistas semanais, on-line. Esta fase serve também para a implementação das tecnologias em Idanha, e requerida modificações para melhorias.
  • Fase II: 2º Bootcamp & Workshops
    O bootcamp terá a duração de 5 dias e envolve sessões de networking , reuniões individuais com potenciais clientes, investidores e outros elementos importantes globalmente na área. Além disso, durante 3 meses, cada start-up terá workshops com especialistas semanais, on-line.
  • Fase III: Evento Anual do i-Danha Food Lab (Demo day)
    O Evento Anual i-Danha Food Lab funcionará como um Demo Day, ou seja, todas as empresas apresentarão publicamente as suas propostas de valor a um grupo seleccionado de empresários, empreendedores, líderes da indústria, investidores e membros da comunidade.

Como se inscrever

Para se inscrever pode enviar um email para geral@bgi.pt com o título “I-Danha Food Lab – nome da empresa” com:

  • Um documento com informações relativas a: problema, solução, mercado, concorrência, público-alvo, abordagem ao mercado, tabela de investimento;
  • Documento Milestones: O que planeia realizar em Idanha durante o programa? Quais são os objectivos a serem alcançados durante este programa? Como prevê usar o dinheiro?
  • CV dos membros da equipa e respectivo cargo

Mais informações aqui.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Capoulas na reunião de Ministros da Agricultura a lutar contra cortes na PAC

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, participa hoje, 18 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.