Início / Agricultura / GNR detém mais dois por furto de azeitona. 200 quilos apreendidos em Campo Maior

GNR detém mais dois por furto de azeitona. 200 quilos apreendidos em Campo Maior

O número de detidos por furto de azeito não pára de subir. Desta vez foram apreendidos mais 200 quilos em Campo Maior. A Guarda Nacional Republicana (GNR) informa queo Comando Territorial de Portalegre, através do Posto Territorial de Campo Maior, no dia 3 de Dezembro, deteve um homem e uma mulher de 50 e 47 anos, respectivamente, por furto de azeitona, no concelho de Campo Maior.

No âmbito de uma acção de patrulhamento numa área rural ocupada com olival, no concelho de Campo Maior, os militares da Guarda surpreenderam os dois suspeitos quando realizavam a colheita de azeitona para o interior de um veículo, sem a autorização do respectivo proprietário, refere uma nota de imprensa da GNR.

E adianta que no decorrer das diligências, os suspeitos foram detidos, tendo sido possível apreender 200 quilos de azeitona e um veículo. A azeitona recuperada foi entregue ao seu legítimo proprietário e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Elvas.

A GNR relembra que “a colheita ou apanha de azeitona, ainda que esteja caída no chão, sem o consentimento do proprietário do olival, poderá configurar crime contra o património”.

No âmbito da operação “Campo Seguro 2023”, a GNR leva a cabo acções de patrulhamento, sensibilização e fiscalização, com o propósito de evitar crimes de furto, junto de propriedades/explorações agrícolas, bem como de reforçar o policiamento para dissuadir e reprimir a prática de furtos nos campos agrícolas, realça a mesma nota.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Eurodeputados portugueses e espanhóis juntos na defesa do regadio em Bruxelas

Partilhar              Eurodeputados portugueses e espanhóis, reunidos no 3º Congresso Ibérico do Milho, concordaram que “o regadio …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.