Início / Agricultura / Espanha adopta app FertiliCalc como método de referência para cálculo de necessidades de fertilizantes
© FertiliCalc

Espanha adopta app FertiliCalc como método de referência para cálculo de necessidades de fertilizantes

O Fundo Espanhol de Garantia Agrária (FEGA), dependente do Ministério da Agricultura, firmou um protocolo com o Instituto Tecnológico Agrário de Castilha e León (ITACyL) para melhorar a informação de solos a nível nacional e disponibilizar interfaces de programação de aplicações para recomendações de fertilização e escolha de fertilizantes para uso público.

O protocolo contempla o uso da app FertiliCalc, software desenvolvido pelo investigador do Instituto de Agricultura Sustentável (IAS), do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) de Córdoba e do Departamento de Agronomia da Universidade de Córdoba (UCO) Francisco J. Villalobos, como referência para o cálculo da fertilização em toda a Espanha, avança uma nota de imprensa daquela Universidade.

Francisco Villalobos refere que “a sociedade pede às administrações públicas e políticas que diminuam o impacto ambiental dos fertilizantes e outros nutrientes e ao mesmo tempo há que manter o nível de produção agrícola e daí a necessidade de calcular as necessidades e os tipos de nutrientes e fertilizantes para cada cultivo”.

Com o objectivo de fazer esses cálculos, nasceu o FertiliCalc, uma ferramenta que foi inicialmente criada para o ensino da fertilização e que inclui as metodologias propostas por Antonio Delgado (Universidade de Sevilha), Miguel Quemada (Universidade Politécnica de Madrid) e pelo próprio Villalobos no livro “Fitotécnica: Princípios de agronomia para uma agricultura sustentável”.

O software foi posteriormente melhorado e traduzido para vários idiomas. Uma versão para Windows, traduzida em 91 idiomas e totalmente gratuita, está actualmente disponível no site da Universidade de Córdoba, aqui, bem como versões mobile para iOS e Android, também gratuito e traduzido para 38 idiomas, que pode ser baixado no site oficial do aplicativo.

A FertiliCalc está apta a calcular as necessidades de nutrientes e fertilizantes com dados para 150 cultivos.

Explica a mesma nota da Universidade de Córdoba que os algoritmos do FertiliCalc foram adoptados como base dos sistemas de cálculo de nutrientes no projecto FaST financiado pela União Europeia. Deste projecto resultou o sistema Sativum, desenvolvido pelo Instituto Tecnológico Agrário de Castela e Leão (ITACyL), que inclui o FertiliCalc como base de cálculo.

Agora, o FEGA assinou um projecto de 4 anos com o ITACyL para estender o sistema baseado em FertiliCalc a todas as comunidades autónomas, para que se torne a referência para o cálculo de fertilizantes em todos os sistemas agrícolas em Espanha, realça a mesma nota.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Eurodeputados portugueses e espanhóis juntos na defesa do regadio em Bruxelas

Partilhar              Eurodeputados portugueses e espanhóis, reunidos no 3º Congresso Ibérico do Milho, concordaram que “o regadio …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.