Início / Agricultura / A aposta estratégica do novobanco na Agroglobal

A aposta estratégica do novobanco na Agroglobal

Artigo de opinião de Francisca Machado, Especialista Soluções de Agricultura, novobanco

Mais um ano de Agroglobal, a maior e mais relevante feira agrícola nacional, com uma forte componente profissional. Este ano, a grande novidade foi a mudança de local, de Valada do Ribatejo para as instalações do CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, em Santarém. No entanto, esta mudança não fez com que o interesse na feira diminuísse, antes pelo contrário: ao longo dos três dias de feira foi possível encontrar mais de 270 participantes, entre empresas agrícolas, cooperativas, bancos e consultoras, permitindo a criação de um ambiente de partilha de conhecimento, crucial para potenciar o agronegócio.

Como não poderia deixar de ser, o novobanco voltou a marcar presença na Agroglobal, reforçando a aposta no setor agrícola, um dos setores mais resilientes do país, em franco crescimento, e com uma importância estratégica para a nossa economia. Em conjunto, as Empresas dos setores ligados à economia da terra já representam 7% do VAB do País, 6% do total de Empresas, 14% da exportação de bens e mais de 240 mil empregos.

Ao longo dos últimos anos, apesar da desafiante conjuntura internacional, o setor agrícola tem-se mostrado contracorrente. Em tempos de crise, o setor continua a crescer, no volume de negócios e na rendibilidade, com uma performance económico-financeira resiliente. Em paralelo, estamos a assistir a um momento de transformação e de evolução da Agricultura, com as Empresas do setor a apostar na inovação, na digitalização e na sustentabilidade como alavancas de crescimento.

Nesta Agroglobal foi possível comprovar isso mesmo: os diversos seminários organizados foram envolvendo na mesma mesa-redonda vários parceiros do setor, tendo sido discutidos os mais variados temas, tais como: “Tecnologia e Informação na Agricultura”, “Novos Desafios para a Olivicultura Nacional”, “O Pacto Ecológico Europeu e os Desafios da Agricultura”, “Água e Agricultura, o que Podemos fazer em Cenário de Escassez?” e “Transformação digital”, entre muitos outros. Temas que só demonstram a abrangência do setor agrícola e a crescente preocupação dos agricultores e restantes parceiros em manter o setor ativo, dinâmico e inovador.

A palavra-chave para descrever a presença do novobanco nesta feira diria que é Proximidade. E é isso mesmo que procurámos fazer na Agroglobal, lado a lado com os nossos Clientes e potenciais Clientes, lado a lado com os nossos Parceiros, reforçando o compromisso do novobanco com o setor da agricultura. Esta proximidade permite-nos não só entender melhor as necessidades e os desafios do setor, como também identificar oportunidades de negócio, com soluções financeiras adequadas e personalizadas a cada um dos nossos Clientes.

Sabemos que o investimento no presente é a garantia do futuro, e no novobanco queremos ser o parceiro que apoia todas as fases do ciclo de vida dos projetos agrícolas, numa parceria de longo-prazo e de confiança. Neste campo, o novobanco é o parceiro certo.

Em 2025 voltaremos a encontrar-nos na maior feira agrícola do país, a Agroglobal!

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Reguengos de Monsaraz: “ausência de resposta” da EDIA e da DGADR atrasa Bloco de Rega de Reguengos

Partilhar              A presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, a social-democrata Marta Prates, garante que, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.