Início / Agenda / Prémios Alentejo 2023. Porto de Sines, EDIA, Fertiprado e Montaraz entre os finalistas

Prémios Alentejo 2023. Porto de Sines, EDIA, Fertiprado e Montaraz entre os finalistas

A Revista Mais Alentejo está de volta com os Prémios Alentejo. A votação para a edição de 2023 está já a decorrer, até às 23:59 do dia 8 de Outubro. Estão nomeados cinco finalistas para cada uma das 17 categorias em concurso.

Para a categoria “Mais Empresa”, directamente relacionada com o pulsar empresarial da região, estão nomeadas cinco empresas, com actividades bem diversificadas, mas que “têm em comum o traço fundamental de muito contribuírem para o desenvolvimento do Alentejo”, refere a Revista Mais Alentejo.

Seguindo a ordem (alfabética), pela qual vão ser anunciadas no palco da XXI Gala dos Prémios Alentejo, “comecemos pela APS-Porto de Sines, cuja importância estratégica para o Alentejo e o País ninguém ousará contestar. Depois uma empresa sediada em Évora, nascida da veia empreendedora da família Dourado, com Sandra a ser a mulher do leme, a Dourado Distribuição. Segue-se a empresa de Alqueva, que toda a gente aprendeu a conhecer, a EDIA, com sede em Beja. Ainda a Fertiprado, localizada em Vaiamonte, especialista na área agrícola, nomeadamente, na vertente da alimentação animal”. Para terminar, na categoria Mais Empresa, surge a Montaraz, situada em Garvão, concelho de Ourique, unidade transformadora do famoso porco alentejano.

Azeite e vinho

Na categoria “Mais Azeite”, a Azamor, herdade situada em Vila Viçosa, a Olinorte, em Aljustrel, no Baixo Alentejo, que tem ao leme a experiência de Luís Rosado, a Herdade da Granja, vastíssima propriedade também localizada no concelho de Aljustrel, a Quinta do Paral, sediada em Vidigueira, e a Mainova, Vimieiro, em Arraiolos, são os nomeados.

Já na categoria “Mais Vinho”os nomeados são: Carmim, a adega de Reguengos de Monsaraz que dispensa apresentações, Fita Preta, situada perto de Évora — onde o engenho do enólogo António Maçanita não pára de surpreender —, Francisco Nunes Garcia, o “histórico” produtor de Moura, Herdade do Rocim, situada na estrada que liga Vidigueira a Cuba e, ainda, Monte da Bonança, jovem projecto de qualidade, localizado em Azaruja, Évora

75 mil votos

No final do dia 12 de Setembro, com três dias de votação, foram quase atingidos os 75 mil votos, com “o equilíbrio a ser nota dominante”. Quase todos os cinco nomeados, em cada uma das 17 categorias dos Prémios Alentejo 2023, estão separados por um pequeno número de votos, o que significa que todos podem vencer.

Vote aqui para os Prémios Alentejo 2023. Nota: é obrigatório votar em todas as categorias, caso contrário o voto é nulo.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Consulta pública sobre Acordo Comercial UE-Canadá termina a 25 de Abril

Partilhar              A Comissão Europeia tem em curso, até dia 25 de Abril de 2024, uma consulta …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.