Início / Agricultura / Zonas de Caça Municipais de Proença-a-Nova apoiadas com mais de 9 mil euros

Zonas de Caça Municipais de Proença-a-Nova apoiadas com mais de 9 mil euros

O Município de Proença-a-Nova, em parceria com as entidades gestoras de duas zonas de caça municipais e três zonas de caça associativas do concelho, elaboraram candidaturas ao Programa de Apoio ao Ordenamento e à Gestão de Zonas de Caça 2022, inserido no Fundo Florestal Permanente, aprovadas num total de mais de 9 mil euros.

Este montante representa a soma dos valores que as associações de Vale da Mua, Moitas, Clube Pinheiro Bravo de Vale de Água, Associação de Caçadores de São Pedro do Esteval e Clube de Caçadores do concelho de Proença-a-Nova receberam no âmbito das respectivas candidaturas, cuja taxa máxima de financiamento é de 100%, sob a forma de subsídio não reembolsável, refere uma nota de imprensa da autarquia.

O Programa de Apoio ao Ordenamento e à Gestão de Zonas de Caça 2022 tem como objectivo apoiar e promover o ordenamento e a gestão dos terrenos inseridos em zona de caça, nomeadamente a instalação de campos de alimentação e comedouros; bebedouros; morouços; limpezas de matos e limpeza de pontos de água; cercas de contenção de caça maior instaladas com objectivos sanitários; repovoamentos com espécies cinegéticas; outras acções de melhoria de habitats.

Além do javali, existem no concelho espécies como a perdiz, coelho e lebre. Por lei todos os caçadores têm acesso às zonas de caça municipais (ZCM), cabendo às entidades gestoras garantir a igualdade de oportunidades a todos os interessados. O Município colabora com as entidades gestoras na divulgação das condições de candidatura, disponibilizando os planos anuais de exploração das seis ZCM: Alvito da Beira, Cortiçada, Sobreira Formosa, Vale d’Água e Vergão, realça a autarquia na mesma nota.

Largada de perdizes, faisões e patos

Além de iniciativas promovidas pontualmente por associações e clubes locais, alguns eventos reúnem de forma articulada várias das zonas de caça. É o caso da Largada de perdizes, faisões e patos, que já conquistou lugar cativo no calendário de eventos do Município e que em 2023 se realiza a 21 de Janeiro. As inscrições estão a decorrer até dia 16 de Janeiro na Câmara Municipal.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Vinhos de Santo André. Mesão Frio promove debate sobre Portos e Tintos do Douro

Partilhar              Após o “sucesso” de “Douro em Tons de Rosé” e inserido na programação geral da …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.