Início / Agricultura / Xylella fastidiosa chega ao Algarve. Detectada em viveiro de alecrim

Xylella fastidiosa chega ao Algarve. Detectada em viveiro de alecrim

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que foi detectada Xylella fastidiosa em plantas de alecrim na região de Luz de Tavira e Santo Estevão, concelho de Tavira, no Algarve.

Em resultado dos trabalhos de prospecção oficiais, conduzidos pela Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAP Algarve), no contexto do Plano de Acção Nacional para o Controlo da Xylella fastidiosa e seus vectores, foi obtido um resultado positivo para esta bactéria, numa amostra colhida num lote de plantas de alecrim existentes num viveiro.

A determinação da subespécie da bactéria encontra-se ainda em curso, acrescenta a Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária.

Os serviços de inspecção fitossanitária da DRAP Algarve em estreita articulação com a Direcção Geral de Alimentação e Veterinária estão já a implementar as medidas fitossanitárias em conformidade com a regulamentação da União Europeia, no sentido de se averiguar a origem da infecção, e a sua erradicação.

Na zona infectada, uma área de 50 metros em redor das plantas infectadas, foi realizado um levantamento intensivo das plantas aí existentes e colhidas 122 amostras, cujas análises decorrem no INIAV — Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária.

Foi estabelecida uma zona demarcada, que inclui a zona infectada e uma zona tampão de 2,5 km, na qual estão a ser feitas amostragens intensivas a outras plantas susceptíveis à bactéria, assim como a averiguação da existência de insectos vectores.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Associação Empresarial da Região do Algarve está a recrutar formadores na área da Gestão Ambiental

Partilhar              O NERA — Associação Empresarial da Região do Algarve encontra-se a recrutar formadores na área …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.