Início / Empresas / Vodafone e Rock in Rio criam a primeira Cidade do Rock Inteligente do mundo

Vodafone e Rock in Rio criam a primeira Cidade do Rock Inteligente do mundo

A 7ª edição do Rock in Rio-Lisboa vai acolher a primeira “Smart Rock City” do mundo. Através de uma parceria entre a Vodafone Portugal e o Rock in Rio Lisboa são apresentadas soluções de cariz tecnológico e inovador, nunca antes aplicadas num evento de música e entretenimento.

Numa altura em que as Smart Cities representam o novo paradigma urbano, a Vodafone e o Rock in Rio-Lisboa apostam nas tecnologias de informação e comunicação para promover a melhoria da experiência dos milhares de espectadores que visitam o evento todos os dias, a sustentabilidade ambiental e económica do festival.

“Para além de impactar positivamente o público, este projecto cria as condições para uma melhor gestão dos processos e infraestruturas existentes, e optimização dos recursos para futuras edições. No total foram desenvolvidas cinco soluções que permitem monitorizar, em tempo real, as áreas mais críticas para o pleno funcionamento do festival”, diz fonte institucional da Vodafone.

As cinco soluções são:

  • Smart Energy: Medir os consumos de energia no Palco Mundo, Palco Vodafone, Tenda VIP e Tenda Electrónica de forma a gerir o desempenho energético destes espaços e garantir poupanças significativas no futuro;
  • Smart Water: Supervisionar a rede de água que abastece os 4 hectares do Parque da Bela Vista. Esta solução assegura o controlo do abastecimento, prevenindo interrupções ou irregularidades na distribuição da água;
  • Smart Toilets: Monitorizar e informar o público sobre a disponibilidade de WC´s livres no recinto;
  • Smart Waste: Controlar o processo de recolha dos resíduos sólidos (lixo), optimizando os processos de limpeza durante o evento;
  • Smart Air: Medir os níveis ambientais (gases, qualidade do ar, concentração de CO2, fumos e moléculas). Ao mesmo tempo, alguns desses parâmetros serão divulgados em tempo real.

Para o administrador da Vodafone, João Mendes Dias, “o nosso grande objectivo é continuar a desenvolver soluções de Smart Cities, numa dinâmica de colaboração com Governo, Autarquias, Universidades e Indústria, que permitam explorar as oportunidades de optimização dos recursos disponíveis, contribuindo assim para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos”.

Por sua vez, o director de operações do Rock in Rio, Ricardo Acto, considera que “este projecto vai permitir melhorar, ainda mais, a experiência dos milhares de visitantes que, todos os dias de evento, visitam o recinto. Além disso, o Vodafone Smart Cities vai permitir, à equipa do Rock in Rio-Lisboa, identificar oportunidades de melhoria para uma gestão mais eficiente e sustentável nas próximas edições”.

As várias soluções têm como denominador comum um sistema de Gestão Técnica Centralizada (GTC) da Vodafone, desenvolvido em parceria com a empresa portuguesa SSA Dynamics, que estará instalado no Centro de Controlo Operacional do Rock in Rio-Lisboa, o espaço a partir do qual são geridas todas as operações do festival. O GTC agrega e disponibiliza toda a informação recolhida pelos sensores, em tempo real, emitindo sinais de alerta para prevenir eventuais incidentes.

Smart Energy

Só no Palco Mundo, por onde vão passar nomes como Bruce Springsteen, Queen + Adam Lambert e Hollywood Vampires, há vários geradores eléctricos que podem consumir mais de 3MW (MegaWatts), o equivalente ao gasto normal de 1.000 Watts em 3.000 apartamentos, durante o período nocturno (20h – 22h).

A solução Smart Energy permitirá definir com maior grau de exactidão os consumos de energia nas zonas mais estratégicas do Rock in Rio-Lisboa (Palco Mundo, Palco Vodafone, Tenda VIP e Tenda Electrónica).

Para o efeito, foram instalados no Parque da Bela Vista dezenas de equipamentos e sensores (Smart Gateways) para recolha de informação, em tempo real, de diferentes parâmetros de energia, fundamentais para uma análise crítica e precisa. Os dados obtidos permitirão a adopção de medidas preventivas e/ou correctivas de modo a optimizar os mais variados recursos. Ao mesmo tempo, estes dados permitirão implementar medidas mais racionais nas próximas edições do festival.

A informação recolhida é suportada pela Rede Vodafone e enviada para o sistema GTC, que está a ser gerido a partir do Centro de Controlo Operacional do Rock in Rio-Lisboa.

Smart Water

A rede de água potável que abastece os mais de 4 hectares do Parque da Bela Vista tem de ser meticulosamente supervisionada, de forma a garantir que não há falhas no abastecimento ou irregularidades na pressão.

Para assegurar uma gestão mais eficiente desta rede foi desenvolvido um sistema de monitorização dos níveis de água que, através de sensores colocados directamente na rede, controla a sua autonomia e permite actuar de forma rápida e eficaz sempre que os níveis se encontrarem próximos do limite mínimo recomendável.

Os dados recolhidos são directamente transmitidos para o GTC da Vodafone e monitorizados por uma equipa de especialistas que, em articulação plena com os técnicos operacionais do Rock in Rio-Lisboa, garante a coordenação com as restantes entidades públicas envolvidas no ecossistema do festival.

Smart Toilet

A Cidade do Rock disponibiliza centenas de WC’s distribuídos pelo recinto, mas descobrir os espaços com menor taxa de ocupação é um desafio para os espectadores do festival. Com o objectivo de dar indicações ao público sobre os espaços sanitários livres e, simultaneamente, promover uma gestão mais eficiente da limpeza dos mesmos, a Vodafone desenhou uma solução especificamente para o Rock in Rio-Lisboa.

No exterior dos espaços sanitários serão instalados sensores que, através de um código cromático, permitem aos utilizadores saber se o espaço está ou não ocupado. A luz vermelha indica que a casa de banho está a ser utilizada, enquanto a ausência de luz assinala que o espaço está livre.

Esta informação será disponibilizada ao público através da APP Vodafone Rock in Rio, em painéis informativos e nos diversos TOMI (plataforma digital interativa) espalhados pelo recinto, de forma a promover um fluxo mais rápido e organizado aos WC´s.

Smart Waste

A monitorização dos resíduos sólidos é um dos grandes desafios de um evento com a dimensão do Rock in Rio-Lisboa e uma prioridade na construção das cidades do futuro.

A solução implementada, Smart Waste, monitoriza a actuação dos compactadores de resíduos sólidos, evitando constrangimentos de limpeza no recinto, provocados pelo atingimento da capacidade máxima das máquinas que compactam o lixo recolhido.

A informação é, mais uma vez, transmitida para a plataforma Vodafone GTC e disponibilizada aos técnicos operacionais do Rock in Rio-Lisboa, através dos seus smartphones.

Smart Air

Um factor prioritário para qualquer Smart City, e a Cidade do Rock não é excepção, é a qualidade do meio ambiente. A solução desenvolvida inclui a instalação de sensores de monitorização ambiental em todo o recinto, que vão agregar os níveis de qualidade do ar e disponibilizá-los para efeitos de informação ao público.

Esta é a primeira vez que informação desta natureza é recolhida e divulgada às pessoas presentes no festival. Para além de estar disponível através da APP Vodafone Rock in Rio, estará visível nos painéis informativos presentes em diferentes espaços do Parque da Bela Vista.

Smart Partnership

O projecto Vodafone Smart Cities materializa-se na adopção de um conjunto de soluções Internet of Things (IoT) que utilizam a tecnologia M2M (Machine-to-Machine), na qual a Vodafone é líder mundial. “A aposta consistente da Vodafone na tecnologia e inovação posiciona a empresa como player activo na construção das cidades do futuro”, diz fonte da operadora.

Para além de ser o Patrocinador Principal do evento e de dar o nome a um dos palcos, a Vodafone é o parceiro tecnológico do festival ao assegurar todos os serviços de comunicações da edição deste ano. A operadora já conta com 12 anos de experiência no Rock in Rio-Lisboa, já que está presente no Parque da Bela Vista desde a sua primeira edição.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Portugal Fresh promove produção nacional na Fruit Attraction Madrid com maior participação de sempre

Partilhar              A Portugal Fresh – Associação para a Promoção Associação para a Promoção das Frutas, Legumes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.