Início / Agricultura / Vinhos de Portugal com acesso directo ao selo Portugal Sou Eu

Vinhos de Portugal com acesso directo ao selo Portugal Sou Eu

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Portugal Sou Eu e o Instituto da Vinha e do Vinho (IVV) assinaram um protocolo que estabelece as regras de adesão, com acesso directo, dos produtos do sector vitivinícola, qualificados com a marca “Vinhos de Portugal/Wines of Portugal”, ao Selo Portugal Sou Eu.

Criada pelo IVV, a marca “Vinhos de Portugal/Wines of Portugal” destina-se exclusivamente a vinhos provenientes de uvas produzidas e vinificadas em Portugal, desde que se tratem de vinhos classificados com a DO – Denominação de Origem ou IG – Indicação Geográfica, ou vinhos produzidos por entidades com o sistema de gestão de qualidade certificado.

Neste âmbito, de uma forma simplificada, são aderentes ao selo Portugal Sou Eu as seguintes categorias de vinho (desde que produzidos e vinificados em Portugal e com uvas colhidas em território nacional): vinho novo ainda em fermentação, vinho licoroso, vinho frisante, vinho frisante gaseificado, vinho espumante, vinho espumante gaseificado, vinho espumante de qualidade, vinho espumante de qualidade aromático, mosto de uvas, mosto de uvas parcialmente fermentado, mosto de uvas concentrado, vinho proveniente de uvas passas e vinho de uvas sobre-amadurecidas.

As condições de adesão, que agora são protocoladas, fazem com que já tenham aderido ao selo Portugal Sou Eu 58 empresas produtoras ou engarrafadoras de vinho, que representam 430 referências de vinho entre DO (311 referências) e IG (119 referências).

Para o presidente do IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, Miguel Cruz, “para além de amplificar a divulgação das iniciativas Portugal Sou Eu e Vinhos de Portugal/Wines of Portugal nos mercados interno e externo, este protocolo irá reforçar a competitividade, a aposta na internacionalização e o desenvolvimento sustentável do sector vitivinícola nacional”.

Para Frederico Falcão, presidente do IVV, proprietário da marca Vinhos de Portugal/Wines of Portugal, “a parceria com o Portugal Sou Eu irá promover o desenvolvimento de acções que visam o reforço da visibilidade da marca Portugal na vasta oferta de produtos vitivinícolas portugueses de qualidade, dentro e fora de portas”.

Programa Portugal Sou Eu
O programa Portugal Sou Eu foi lançado em Dezembro de 2012 pelo Governo para melhorar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento sustentado da economia.

Até ao momento estão qualificados com o Selo Portugal Sou Eu, 3.341 produtos que, no seu conjunto, representam um volume de negócios agregado superior a 3,1 mil milhões de euros. A grande maioria dos produtos tem patentes e/ou marcas registadas e 67% integra o sector da alimentação e bebidas.

No portal www.portugalsoueu.pt estão registadas mais de 1.300 empresas nacionais, cujos produtos estão em processo de qualificação.

Para reforçar a divulgação, o programa lançou a APP Portugal Sou Eu, uma aplicação disponível no facebook, iOS, Android e Windows Phone, que permite identificar mais de 3 mil pontos de venda com produtos com o selo do programa.

São já várias as figuras públicas de diversos quadrantes da sociedade portuguesa que aceitaram o convite do Ministério da Economia para serem Embaixadoras do projecto. Através dos seus testemunhos e da presença em eventos, os 16 Embaixadores do Portugal Sou Eu (Carlos Coelho, Carolina Piteira, Cláudia Vieira, Cristina Ferreira, Cuca Roseta, Fátima Lopes, Fernanda Freitas, Fernando Gomes, Henrique Sá Pessoa, Júlio Isidro, Júlio Magalhães, Justa Nobre, Luís Buchinho, Luís Onofre, Rosa Mota e Vítor Sobral) têm contribuído, através da participação em ações diversas, para sensibilizar e divulgar a iniciativa por todo o país.

Compete financia
O Portugal Sou Eu tem financiamento do programa Compete e é gerido por um órgão operacional, formado pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), Associação Industrial Portuguesa-Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI), Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) e pelo IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, a quem compete coordenar este mesmo órgão.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Maria do Céu Albuquerque anuncia 3 M€ para armazenamento de Vinho do Porto

Partilhar            A ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, reuniu hoje, 8 de Julho, em Lisboa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.