Início / Agricultura / Vinho do Porto Tawny investigado. IVDP: “não há indícios” de qualquer comportamento fraudulento

Vinho do Porto Tawny investigado. IVDP: “não há indícios” de qualquer comportamento fraudulento

O IVDP — Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto­ ­reage em comunicado à notícia do jornal Expresso sobre vinho do Porto Tawny 10 anos e 20 anos, que foram alvo de investigação pela Universidade de Groningen, garantindo que “não há indícios de que possa estar em causa qualquer comportamento fraudulento por parte de qualquer das empresas visadas na notícia”.

O IVDP mantém que o vinho do Porto Tawny 10 anos e 20 anos, “não sendo vinhos de um único ano, cujas amostras foram alvo de investigação está perfeitamente enquadrado na legislação e nos regulamentos aplicáveis, os quais são escrupulosamente seguidos pelo Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, e por todos os operadores económicos do sector”.

Por outro lado, realça que “a diversidade de vinhos do Porto, dos datados aos não datados, dos tawnies aos rubies, dos brancos aos rosés, decorre de um modo de elaboração diversificado, fruto de uma história de mais de 300 anos. Os vinhos de lote, como os Tawny 10 anos e 20 anos, correspondem a uma arte de lotação secular, permitindo que os vinhos apresentem as características de uma idade, sem estar em causa a idade do vinho”.

Sem “qualquer comportamento fraudulento”

Assim, garante que “não há indícios de que possa estar em causa qualquer comportamento fraudulento por parte de qualquer das empresas visadas na notícia, sendo os vinhos submetidos a um processo de certificação da responsabilidade do IVDP, de inexcedível exigência técnica, suportado pela acreditação internacional pelas normas ISO 17065 e ISO 17065 que detém desde há mais de 20 anos”.

Acrescenta o mesmo comunicado que a incidência das acções de controlo e fiscalização que o IVDP desenvolve junto dos operadores do sector “é dissuasora de qualquer tentativa de fraude, pela sua frequência e abrangência, ocorrendo a colheita de amostras diárias nos armazéns e em todas as linhas de engarrafamento do sector do vinho do Porto, minimizando-se qualquer possibilidade de desrespeito das regras instituídas por parte de qualquer dos agentes económicos”.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Açores recebem certificação de bem-estar animal Welfare Quality

Partilhar              O secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, António Ventura, afirmou esta terça-feira na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.