Início / Agricultura / Vinalda passa a distribuir vinhos açorianos da Adega do Vulcão

Vinalda passa a distribuir vinhos açorianos da Adega do Vulcão

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Vinalda alarga o seu portefólio aos Açores, com os vinhos da Adega do Vulcão. Das vinhas no Faial, mesmo junto aos Capelinhos, e no Lagido do Pico, nascem vinhos autênticos e exclusivos, com uma forte identidade: ‘Vinhos de Vulcão’.

A Adega do Vulcão resulta da paixão de Cinzia Caiazzo e Gianni Mancassola pelos Açores. Este casal italiano, a que se juntou recentemente o filho mais velho e a esposa, foi viver para o Faial em 2008, decidindo em 2015 recuperar a abandonada tradição vinícola da ilha, transformando em vinha o seu jardim vulcânico com vista para o oceano.

Foi o início de um projecto num terroir ímpar, ali ao lado do Vulcão dos Capelinhos, somando hoje 7ha na única vinha do Faial, depois de terem comprado mais de 130 pequenas parcelas de terreno contíguas, onde plantaram castas autóctones (Arinto dos Açores, Verdelho e Terrantez do Pico), orientados desde o início por um amigo da família, o reputado enólogo Alberto Antonini, que é consultor de famosas adegas em todo o Mundo.

Sala de provas

Em 2017, os proprietários da empresa decidem expandir a actividade para a Ilha do Pico, tendo adquirido 3ha de vinhas velhas (de Arinto dos Açores, Terrantez do Pico e Verdelho) no Lagido da Criação Velha e uma adega em S. Mateus, onde, já em Abril vai abrir uma sala de provas. Os vinhos da Adega do Vulcão são únicos, resultado da sinergia destas duas ilhas.

“Raros e preciosos, os nossos vinhos são o resultado de uvas autóctones produzidas a partir de solos com personalidades únicas e opostas, entre cinzas vulcânicas dos Capelinhos e o manto basáltico do Lajido da Criação Velha, unidos pela intensa influência do Atlântico norte, resultando num palato vibrante e de marcada mineralidade”, afirmam.

Todas as actividades vitivinícolas são realizadas sob a supervisão do enólogo consultor, Alberto Antonini, agora também com a colaboração da enóloga residente, Cátia Laranjo.

José Espírito Santo, director-geral da Vinalda, declara que “é com enorme satisfação que, finalmente, alargamos o nosso portefólio de vinhos à região dos Açores com este produtor de excelência. São vinhos sem igual, resultantes do casamento de dois terroirs que, por si, já são singulares. Verdadeiros ‘Vinhos de Vulcão’. Desta forma, continuamos a reforçar a nossa já vasta oferta com pequenos projectos, familiares, diferenciados, genuínos e sobretudo, de elevadíssima qualidade”.

“Esta parceria com a Vinalda é muito importante para nós”, considera, por seu lado, Cinzia Caiazzo. “Somos um muito pequeno produtor e queremos dar visibilidade à nossa marca e levar os nossos vinhos a lugares especiais, que os apreciem e valorizem”, acrescenta.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cuidado com a queima de sobrantes florestais. GNR identifica homem de 78 anos por incêndio em Vila Real

Partilhar              O Comando Territorial de Vila Real da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.