Início / Empresas / Viana do Castelo estuda plataforma logística intermodal e acessos ferroviários ao porto comercial

Viana do Castelo estuda plataforma logística intermodal e acessos ferroviários ao porto comercial

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Município de “Viana do Castelo, no âmbito da sua Agenda do Mar, vai propor que seja feito um estudo de viabilidade para a construção de um porto seco (plataforma logística intermodal) e também os acessos ferroviários ao porto comercial, em estreita articulação entre ambos os investimentos”, revelou hoje, 21 de Maio, o presidente da autarquia, José Maria Costa.

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo fez as declarações na reunião da Comunidade Portuária de Viana do Castelo, que discutiu os desafios do porto de mar e quais as expectativas para aquela estrutura. Na sessão, o autarca apresentou a evolução de Viana do Castelo e do Alto Minho em termos económicos e apresentou a Agenda o Mar, que está a ser preparada pela edilidade.

José Maria Costa sublinhou que o porto de mar de Viana do Castelo é um porto que “tem que estar ao serviço da região e do concelho” e que, numa altura em que está a aumentar a capacidade exportadora das empresas instaladas em Viana do Castelo e no Alto Minho, “é fundamental perspectivar o futuro do porto comercial”.

Comunidade Portuária concorda

Em comunicado, a autarquia de Viana do castelo refere que estes projectos, “assentes na constatação da capacidade de atracção de novos investimentos e na capacidade exportadora das empresas”, foram bem acolhidos pela Comunidade Portuária.

Neste sentido, ambos serão integrados nas propostas da Agenda do Mar 20-30, sendo que o autarca referiu ainda a aposta na descarbonização do porto comercial através da produção de hidrogénio verde.

A CPVC – Comunidade Portuária de Viana do Castelo, recorde-se, é uma associação de direito privado, a qual integra diversas entidades com interesse no desenvolvimento e ordenamento do Porto de Viana do Castelo, seja, na sua promoção e divulgação como entidade parceira no crescimento do negócio, da riqueza e do emprego na região que o porto serve.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Ministério do Ambiente apoia indústria electrointensiva com 25 milhões de euros

Partilhar              O ministro do Ambiente e da Acção Climática, João Pedro Matos Fernandes, assinou hoje, 15 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.