Início / Agricultura / VI Colóquio Nacional da Produção de Pequenos Frutos marcado para Maio de 2020

VI Colóquio Nacional da Produção de Pequenos Frutos marcado para Maio de 2020

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O INIAV — Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, em colaboração com a Associação Portuguesa de Horticultura (APH), Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional – Centro de Competências (COTHN-CC), em co-organização com o Município de Odemira, vão realizar nos dias 22 e 23 de Maio de 2020, em Odemira, o VI Colóquio Nacional da Produção de Pequenos Frutos.

Esta iniciativa terá como tema central “A sustentabilidade da produção de pequenos frutos” e pretende-se analisar e debater áreas fundamentais para a sustentabilidade da produção intensiva de pequenos frutos que não coloquem em causa a competitividade do sector e a rentabilidade das culturas.

As inscrições são gratuitas, aqui.

Explica a organização que a produção de pequenos frutos “tem aumentado de uma forma muito acentuada em Portugal, quer pela existência de excelentes condições ambientais que algumas regiões possuem para produzir para o mercado de exportação, quer pela elevada competência da maioria dos empresários/produtores envolvidos na fileira”.

Sustentabilidade da produção intensiva

Na presente edição, a organização do Colóquio pretende analisar e debater áreas fundamentais para a sustentabilidade da produção intensiva de pequenos frutos que não coloquem em causa a competitividade do sector e a rentabilidade das culturas.

Diz ainda a organização do encontro que o sector dos pequenos frutos “encontra-se com uma dinâmica extremamente forte ao nível da produção, exportação e transformação, sendo uma das áreas da hortofruticultura que mais contribui para as exportações portuguesas”.

A fileira cresceu em área, em produção e valor. Em 2018, a área de pequenos frutos ultrapassou os 3.800 hectares em que o mirtilo, só por si, representava metade da área plantada (INE, 2019).

No entanto, cabe às framboesas o destaque em relação à produção, cerca de 24 mil toneladas produzidas com um valor exportado que ultrapassou os 165 milhões de euros (SIMA, 2019). No seu conjunto, o valor exportado de pequenos frutos representou mais de 200 milhões de euros.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

5 Truques básicos para cuidar correctamente da relva no Verão

Partilhar            Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola Agora …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.