Início / Agricultura / Vendas de produtos dos Açores crescem 70% nos supermercados do El Corte Inglés

Vendas de produtos dos Açores crescem 70% nos supermercados do El Corte Inglés

As vendas de produtos açorianos, nos últimos dois anos, aumentaram 70%, na principal cadeia de grandes superfícies da área ‘gourmet’ que é o El Corte Inglés.

O vice-presidente do Governo Regional realçou, na Praia da Vitória, o “enorme potencial de crescimento” que a agricultura biológica tem na ilha Terceira e nos Açores, tendo em conta a “nova apetência” dos consumidores por estes produtos, contribuindo também para ajudar a desenvolver a economia regional.

“O sector que mais tem crescido em termos de procura é o dos produtos biológicos. Têm um potencial de crescimento enorme tendo em conta a nova apetência que os consumidores têm para valorizar essa realidade”, afirmou Sérgio Ávila, salientando também que os produtos biológicos podem incorporar uma valorização em termos de preço que os consumidores acabam por aceitar.

Na cerimónia de abertura da V Biofeira Açores – Feira de Agricultura Biológica, promovida pela Bio Azórica – Cooperativa de Produtos Biológicos, o governante lembrou que, “se num passado não muito longínquo, a agricultura biológica era algo experimental para alguns, hoje é, sem dúvida, um sector com grande potencial de crescimento”.

Para o vice-presidente, a aposta agora deve centrar-se no esforço para aumentar a “capacidade de produção”, no sentido de corresponder à procura crescente do mercado, em especial o exterior à Região, e assim transformar a agricultura biológica numa actividade económica sólida, rentável, geradora de riqueza e de emprego.

Mais 70% no El Corte Inglés

Na sua intervenção, além de reconhecer o trabalho desenvolvido pela Bio Azórica “nos momentos menos fáceis” e de sublinhar a capacidade que a cooperativa tem para crescer, Sérgio Ávila anunciou que, “só nos últimos dois anos, as vendas de produtos açorianos aumentaram 70%, na principal cadeia de grandes superfícies da área ‘gourmet’ que é o El Corte Inglés”.

Por outro lado, adiantou que, “no último ano, todos os produtos Marca Açores tiveram um crescimento de 22% do seu volume de vendas”, salientando que estes dados “muito têm contribuído para a melhoria” do saldo da balança comercial, indicador que traduz a diferença entre exportações e importações de bens e serviços.

Balança comercial melhorou 34%

“Em 2017, o saldo da balança comercial melhorou 34% e no primeiro trimestre deste ano houve uma nova melhoria de 45 por cento no saldo da nossa balança comercial com o exterior”, adiantou o vice-presidente do Governo, assegurando que se está a verificar na Região o reequilíbrio progressivo da “estrutura produtiva”, ao mesmo tempo que se valorizam “as principais componentes de exportação”.

De acordo com os dados do primeiro trimestre deste ano, relativamente ao valor das vendas para fora da Região, verificou-se que houve um crescimento de 3,1% nos produtos lácteos, nas conservas as vendas aumentaram 16%, no peixe 5,2% e na carne 11%.

“Quer dizer que o primeiro trimestre deste ano reforçou o valor das nossas vendas para o exterior da Região, o que dá bem conta do esforço de valorização que fizemos dos nossos produtos”, frisou Sérgio Ávila.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

APDEA faz X Congresso na Escola Superior Agrária de Coimbra

Partilhar              O X Congresso da Associação Portuguesa de Economia Agrária (APDEA) e o IV Encontro Lusófono …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.