Início / Featured / Vasco Cordeiro inicia visita a São Jorge com inauguração do novo entreposto frigorífico

Vasco Cordeiro inicia visita a São Jorge com inauguração do novo entreposto frigorífico

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, iniciou hoje, 22 de Janeiro, a visita estatutária a São Jorge com a inauguração do novo Entreposto Frigorífico das Velas, onde realçou que o investimento em infraestruturas, na qualificação e na sustentabilidade dos recursos são os três pilares da estratégia definida para garantir o futuro das Pescas.

O novo entreposto frigorífico das Velas dispõe de uma câmara de conservação de congelados com capacidade de 40 toneladas, de uma câmara de conservação de refrigerados com capacidade de 20 toneladas, de um túnel de congelação com capacidade para 10 toneladas por ciclo, e uma zona climatizada para preparação e transformação de pescado.

Foi ainda criada uma nova valência, a capacidade de produção de gelo, através de um equipamento com capacidade para produzir duas toneladas por dia e de armazenar até quatro toneladas.

“Tudo isso tem a ver com os pescadores, tem a ver com o seu rendimento, tem a ver com o seu futuro e com capacidade de nós querermos sempre ajudar a construir esse futuro”, afirmou Vasco Cordeiro, na inauguração deste novo entreposto, que representou um investimento de cerca de um milhão de euros.

Garantir o futuro das pescas

Com o objectivo de garantir o futuro das pescas na Região, o presidente do Governo considerou que um dos alicerces desta estratégia tem a ver com as infraestruturas, apontando o exemplo dos investimentos nos entrepostos frigoríficos da Horta, de Vila do Porto, da Madalena e das Lajes das Flores, assim como as obras na rampa do Porto Formoso, do núcleo de pescas da Madalena, e do Porto do Topo, também em São Jorge.

“O segundo pilar tem a ver com a qualificação, em primeiro lugar dos próprios pescadores, através dos cursos profissionais que têm sido promovidos e que já abrangeram mais de uma centena de profissionais”, sublinhou Vasco Cordeiro, ao assegurar que a Escola do Mar tem também um papel fundamental na construção deste pilar.

Sustentabilidade

De acordo com o presidente do Governo, o terceiro pilar para garantir o futuro das pescas passa pela sustentabilidade, que começa pelo próprio compromisso dos profissionais das pescas, que “estão na linha da frente deste compromisso com a gestão dos recursos, seja na fixação de quotas regionais de criação áreas marinhas protegidas”.

No início da vista a São Jorge, Vasco Cordeiro destacou, por outro lado, que, só entre 2013 e 2019 e apenas na Ilha de São Jorge, o investimento directo do Governo nesta ilha ascendeu a mais de 213 milhões de euros.

“Isso não significa que está tudo bem, que, por exemplo, em São Jorge, temos de fazer mais no escoamento do pescado para o exterior”, disse o presidente do Governo, ao adiantar que a “credibilidade dessa aposta em melhorar advém daquilo que já fizemos e já demos provas”.

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Fungicida Ortiva e herbicida Rifit da Syngenta obtêm autorização excepcional de emergência

Partilhar            A DGAV — Direcção Geral de Alimentação e Veterinária concedeu uma Autorização Excepcional de Emergência …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.