Início / Agricultura / USDA: Colheita mundial de cereais deve aumentar 2,96% na próxima campanha

USDA: Colheita mundial de cereais deve aumentar 2,96% na próxima campanha

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A colheita mundial de cereais deverá ultrapassar os 2.700 milhões de toneladas na próxima campanha 2019/2020, um aumento de 2,96% face às estimativas para a actual campanha, de 2.623,97 milhões de toneladas.

Estes são os últimos dados divulgados pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que prevê que a campanha de trigo rondará os 777,5 milhões de toneladas (+6,28%) .

Por culturas, no que diz respeito aos cereais de grão grosso (entre os quais se inclui o milho), prevê-se uma colheita de 1.425,68 milhões de toneladas, com um aumento de 2,38% em comparação com a campanha actual.

Arroz com queda de 0,29%

No arroz, a campanha mundial deverá situar-se em cerca de 500 milhões de toneladas, uma diminuição de 0,29%.

Quanto ao trigo, o USDA diz que esta será uma campanha em que os principais produtores (Argentina, Austrália, Canadá, UE, Rússia e Ucrânia) terão melhores colheitas que na campanha anterior.

Os cereais de grão grosso deverão ter em 2019/2020 uma produção e consumo recorde, pelo que as existências deverão baixar; para o milho estão previstos também níveis históricos, com os maiores aumentos previstos para os Estados Unidos, África do Sul, Rússia, Canadá, Índia e Brasil.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Relatório da CE: “UE completamente sem pesticidas não é um objectivo realista, incluindo na agricultura biológica, onde pode também ser utilizado um número limitado de pesticidas”

Partilhar            A Comissão Europeia publicou um relatório, que enviou ao Parlamento Europeu e ao Conselho. relativo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.