Início / Agricultura / UE. Pesticidas com sulfoxaflor só são autorizados em estufas para proteger abelhas

UE. Pesticidas com sulfoxaflor só são autorizados em estufas para proteger abelhas

A Comissão Europeia anunciou que, cumprindo o seu compromisso de proteger os polinizadores e criar sistemas alimentares sustentáveis, adoptará, nas próximas semanas, “legislação que limite a utilização do sulfoxaflor, um pesticida que pode ter um impacto adverso nas abelhas, apenas à utilização em recintos fechados”.

A substância activa sulfoxaflor é utilizada em insecticidas utilizados para controlo de várias pragas. Até agora tem sido um “parceiro” dos agricultores a controlar de forma eficaz os insectos sugadores que afectam as culturas fruteiras, hortícolas e ornamentais, nomeadamente afídeos, cochonilhas e mosca branca.

Em Portugal está homologado para controlo de afídeos e mosca branca em solanáceas (beringela, pimento, tomate), curcubitáceas e ornamentais, em estufa e ar livre; para controlo de cochonilhas e afídeos (Myzus persicae e Myzus cerasi) em prunóideas (cerejeira, pessegueiro, nectarina); para controlo de afídeos (E. lanigerum) e cochonilhas em pomóideas (macieira e pereira) e para controlo de afídeos e cochonilhas em citrinos.

Refere uma nota de imprensa da Comissão que os debates com os Estados-membros ao longo do último ano sobre a restrição da utilização do sulfoxaflor “não deram apoio suficiente à proposta da Comissão de restringir a sua utilização”.

A proposta da Comissão foi apresentada em Fevereiro ao Comité Permanente, “não tendo sido alcançada a maioria qualificada necessária. Por conseguinte, a mesma proposta foi apresentada ao Comité de Recurso e, aí novamente, os Estados-Membros não conseguiram alcançar a maioria necessária”. Ainda assim, o novo Regulamento será agora adoptado pela Comissão na Primavera.

Relembre-se que, em Fevereiro último, a Comissão Europeia reiterou o seu pedido aos Estados-membros para que “apoiem a sua proposta de limitar a utilização do pesticida sulfoxaflor às estufas permanentes, a fim de proteger os polinizadores”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Balanças Marques faz balanço positivo de presença em feira no Egipto

Partilhar              A Balanças Marques foi uma das 5 empresas portuguesas a participar, conjuntamente com a Associação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.