Início / Agricultura / UE considera caça como actividade “extractiva” e mantém proibição em Áreas Estritamente Protegidas na Europa. Fencaça sem resposta do ICNF

UE considera caça como actividade “extractiva” e mantém proibição em Áreas Estritamente Protegidas na Europa. Fencaça sem resposta do ICNF

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os caçadores têm, ao longo dos tempos, realçado o seu papel na ajuda à manutenção e ao reforço da biodiversidade. No entanto, a Comissão Europeia não entende esta actividade do mesmo modo. Por isso, a sua “Estratégia de Biodiversidade da UE para 2030 — Trazer a natureza de volta às nossas vidas”, defende a proibição da caça em Áreas Estritamente Protegidas na Europa.

Os caçadores portugueses não concordam e já entraram em contacto com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). Mas ficaram, por enquanto, sem resposta.

Reunião da FACE na UE

A Fencaça – Federação Portuguesa de Caça representou os caçadores portugueses na última reunião, de 11 de Maio, entre a FACE — Federação Europeia de Caça e Conservação e a Comissão Europeia, para discutir os novos critérios relacionados às áreas estritamente protegidas, que faz parte da meta global de proteger 30% do planeta até 2030.

A direcção da Federação garante que entregou “exemplos concretos dos problemas associados à actual proposta” da Comissão e que aguarda a “orientação e critérios revisados da Comissão, na esperança de algumas mudanças importantes”.

“Até agora, a maioria dos governos dos Estados-membros não apoia esta proposta” da Comissão. Nos últimos meses, a Fencaça “enviou um ofício para o ICNF no intuito de lhe dar a conhecer a sua posição e alertar para os impactos negativos que esta proibição traria para o sector, mas não obteve qualquer resposta deste organismo” garante a direcção da Federação.

Aqueles caçadores interpretam esta posição do ICNF “como de total desinteresse e alheamento para os problemas do sector em Portugal e para as propostas que estão a ser trabalhadas pela Comissão Europeia”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cavalo Lusitano. Próximas aprovações de machos ao Livro de Adultos na Companhia das Lezírias e na Agrária de Coimbra

Partilhar              Se é produtor de cavalo lusitano, saiba que em 2021 só restam duas concentrações para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.