Início / Agricultura / UE autoriza Saccharomyces cerevisiae como aditivo em alimento para frangos de engorda

UE autoriza Saccharomyces cerevisiae como aditivo em alimento para frangos de engorda

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Comissão Europeia acaba de autorizar a utilização de uma preparação de Saccharomyces cerevisiae CNCM I-1079 como aditivo em alimentos para frangos de engorda e espécies menores de aves de capoeira de engorda.

Explica o Regulamento de Execução 2017/1905 da Comissão, de 19 de Outubro de 2017 que o pedido dizia respeito à autorização de uma preparação de Saccharomyces cerevisiae CNCM I-1079 como aditivo em alimentos para frangos de engorda e espécies menores de aves de capoeira de engorda, a classificar na categoria de aditivos designada por “aditivos zootécnicos”.

Reduz contaminação com Salmonella

A Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos concluiu, no seu parecer de 6 de Dezembro de 2016, que nas condições de utilização propostas, aquela preparação “não tem efeitos adversos na saúde animal, na saúde humana nem no ambiente e que, quando usada na alimentação de aves de capoeira, é eficaz na redução da contaminação das carcaças com Salmonella spp”.

A Autoridade considera que não é necessário estabelecer requisitos específicos de monitorização pós-comercialização.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Continente debate utilização responsável do plástico

Partilhar            O projecto Plástico Responsável Continente, em parceria com o jornal Público, no âmbito das comemorações …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.