Início / Agricultura / Ucrânia tem 20 milhões de toneladas de cereais para exportar. Porto de Klaipeda disponível

Ucrânia tem 20 milhões de toneladas de cereais para exportar. Porto de Klaipeda disponível

Actualmente, a Ucrânia tem 20 milhões de toneladas de cereais da campanha do ano passado, que não são necessários para o consumo interno e são destinados à exportação. O ministro da Política Agrária e Alimentação da Ucrânia, Mykola Solskyi frisa que se trata “da segurança alimentar do Mundo e da estabilidade para o trabalho dos agricultores ucranianos, pois se eles não puderem vender os seus produtos, não terão rendimento para se prepararem para uma nova campanha de cultivo”.

As declarações foram feitas durante uma visita de trabalho a Vilnius a convite do Ministro da Agricultura da Lituânia, Kestutis Navitskas. E o Porto Estadual de Klaipeda está pronto para receber os cereais ucranianos.

Neste encontro, Mykola Solsky realizou uma conferência de imprensa conjunta com Kestutis Nowickas, reuniu-se com o Comissário da União Europeia para a Agricultura, Janusz Wojciechowski e visitou o Porto Estadual de Klaipeda.

O objectivo da viagem foi “discutir as possibilidades de exportação de cereais da Ucrânia pelo porto de Klaipeda”, refere uma nota de imprensa do Executivo ucraniano.

Segundo Mykola Solskyi, em tempos de paz a Ucrânia exportou 5 milhões de toneladas de cereais por mês. Como resultado do bloqueio dos portos marítimos ucranianos, apenas 200.000 toneladas de cereais foram transportadas por ferrovia, estrada e porto de Dniester em Março.

“Actualmente, estamos a procurar oportunidades para transportar cereais da Ucrânia através dos portos da Lituânia e da Letónia. O potencial do porto é inquestionável. As ferrovias são uma preocupação. Na Polónia, os carris são mais estreitos do que na Ucrânia, Lituânia e Letónia”, disse Kestutis Nowickas.

Apoio do Comissário da União Europeia para a Agricultura

“Um problema sério é a violação da rota de exportação da Ucrânia para o Médio Oriente e Norte da África. Há temores de que interrupções no fornecimento de trigo possam levar a algumas tensões e problemas nessas regiões. No entanto, é muito importante apoiar a Ucrânia fornecendo corredores de exportação alternativos, por exemplo, através da Polónia, dos portos do Mar Báltico, da Lituânia, do porto de Klaipeda — é muito importante continuar as exportações”, disse o Comissário da União Europeia para a Agricultura, Janusz Wojciechowski.

Durante a visita ao porto de Klaipeda, Mykola Solsky conheceu as suas capacidades técnicas e visitou os terminais portuários.

“Depois de resolver o problema de entrega de carga, o porto de Klaipeda está pronto para carregar parte do cereal cultivado na Ucrânia”, disse Algis Latakas, director-geral do Porto Estadual de Klaipeda.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Garland Logistics obtém Certificação IFS Logistics para armazenamento e transporte de bens alimentares

Partilhar              A Garland Logistics, empresa de logística do Grupo Garland, obteve a exigente certificação pelo Standard …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.