Início / Agenda / Terra Fértil vai à AgroGlobal promover fertilização orgânica à base de resíduos

Terra Fértil vai à AgroGlobal promover fertilização orgânica à base de resíduos

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Terra Fértil — Gestão e Valorização de Resíduos já marcou presença na 6ª edição da AgroGlobal – Feira das Grandes Culturas, que se realiza de 5 a 7 de Setembro de 2018, em Valada do Ribatejo. Vai promover a fertilização orgânica à base de resíduos.

A Terra Fértil põe em prática o conceito de Economia Circular, através do tratamento e valorização de resíduos reutilizados como fertilizantes orgânicos em agricultura.

“Temos notado uma maior procura por parte dos agricultores, porque a utilização racional de resíduos nos seus terrenos faz com que reutilizem nutrientes e matéria orgânica, com acréscimos da produção agrícola e redução significativa dos custos de exploração”, explica à comunicação da AgroGlobal a responsável do departamento de gestão de resíduos da Terra Fértil, Irina Domingos.

Nos campos de ensaio de milho

A Terra Fértil participa nos campos de ensaio de milho da AgroGlobal com um programa de fertilização orgânica, baseado em efluentes de suinicultura, em comparação com adubos minerais.

No seu stand na feira apresentará outras soluções como as lamas de ETAR, que “têm vindo a ser muito procuradas para aplicação em pomares e silvicultura, entre outras culturas, pelas suas vantagens técnicas (matéria orgânica superior a 65%, maior retenção de água no solo, maior equilíbrio de nutrientes e biológico) e financeiras (custo inferior aos adubos minerais)”, acrescenta Irina Domingos.

Em mostra estará também o seu composto Organical, que se distingue pela baixa humidade, teor de matéria orgânica elevado, índice de nutrientes equilibrado e maturação adequada.

Dar resposta às necessidades de escoamento de lamas de ETAR

Pioneira em Portugal, a Terra Fértil surgiu no mercado com o intuito de dar resposta às necessidades de escoamento de lamas de ETAR, quer urbanas quer industriais, sendo hoje a empresa líder de mercado na sua área de actuação.

Fazendo parte da resolução de um problema ambiental, a Terra Fértil é responsável pelo escoamento de lamas produzidas em ETAR urbanas e industriais, devidamente tratadas e estabilizadas que, por serem um produto biogénico e pela sua valiosa acção fertilizante têm a designação de biossólidos, contribuindo para o incremento das produções agrícolas mediante a sua aplicação controlada na agricultura.

Motivada pela preservação ambiental e disponibilizando uma nova alternativa para as empresas produtoras de lamas e empresas produtoras de resíduos biodegradáveis, a Terra Fértil ampliou a sua área de actividade investindo em unidades de compostagem de resíduos biodegradáveis, com elevado interesse ambiental e agrícola, constituindo simultaneamente, uma alternativa às lamas de depuração que não podem ser valorizadas na agricultura e garantindo a produção de um composto com elevado valor agronómico na fertilização orgânica dos solos agrícolas.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Ministra da Agricultura inaugura reabilitação do Aproveitamento Hidroagrícola da Camba

Partilhar              A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, e o secretário de Estado da Agricultura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.