Início / Mar / Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões espera 85 mil passageiros

Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões espera 85 mil passageiros

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) já inaugurou o novo Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões.

Este projecto, identificado como prioritário no Plano Estratégico dos Transportes e Infraestruturas, promete ser um forte impulsionador da economia da região Norte do país: com 90 escalas de navios de cruzeiro já previstas, só até ao final de 2015 deverão chegar ao novo Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões cerca de 85.000 passageiros e 43.000 tripulantes.

A obra, parte de um projecto de 50 milhões de euros, engloba três fases fundamentais: a primeira teve como objectivo a construção de um novo cais com 340 metros de comprimento; a segunda, finalizada com a inauguração do Edifício Principal; e a terceira, que deverá estar concluída dentro de um ano, com a construção de um percurso de acesso pedonal para o público em geral.

Com o novo terminal, o Porto de Leixões reúne as condições para acolher a maior parte dos navios cruzeiros da actual frota mundial, assim como potenciar viagens em turnaround, isto é, viagens com início e fim no Porto de Leixões.

A cerimónia foi presidida pelo Ministro da Economia, António Pires de Lima, e contou com a presença da ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, do ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar Branco,  do secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Silva Monteiro e do secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, para além de outras entidades oficiais e privadas.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Açores. Gui Menezes: “carácter artesanal da pesca de salto e vara acrescenta valor à lata de atum”

Partilhar            O secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou, no Porto, que a pesca de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.