Início / Agricultura / Syngenta forma parceiros do segundo canal da distribuição em jornada técnica em Aveiro

Syngenta forma parceiros do segundo canal da distribuição em jornada técnica em Aveiro

A Syngenta realizou o Campus Syngenta 2023, uma jornada formativa para técnicos e balconistas dos seus pontos de venda e das cooperativas, a 1 e 2 de Março, no Hotel Melia Ria, em Aveiro.

O Orondis Ultra, um novo anti míldio, o Exployo Vit, a primeira feromona pulverizável da Syngenta para controlo da traça-dos-cachos, e o Nutribio N, um bioestimulante e fixador de azoto atmosférico no solo para a cultura do milho, destacaram-se entre as novidades apresentadas aos seus parceiros do segundo canal da distribuição.

Paulo Machado, director comercial da Syngenta em Portugal e na Galiza, alertou que “é fundamental fazer um uso adequado e uma boa recomendação das substâncias activas para continuarmos a ter produtos fitofarmacêuticos com elevado nível de eficácia”, recordando que de um total de 958 substâncias activas reavaliadas na União Europeia, dois terços foram reprovadas e apenas 315 autorizadas para proteger as culturas agrícolas de pragas, doenças e infestantes.

Vinha

Na cultura da vinha, que representa 24% das vendas da Syngenta em Portugal, a companhia dispõe de “um portfólio completo de soluções inovadoras, eficazes e sustentáveis”, garante a empresa em nota de imprensa.

O Orondis Ultra, o novo anti míldio à base da nova substância activa oxatiapiprolina e da consagrada mandipropamida, é eficaz a proteger a vinha nas várias fases de desenvolvimento do fungo a doses extremamente baixas (20g/hectare).

O Orondis Ultra está disponível em embalagens de 100 ml e de 1 L, indo ao encontro das necessidades de todos os agricultores.

Esta nova geração de produtos, formulados em suspensão concentrada, “vem revolucionar a forma como os viticultores tratam a vinha”. “Como técnicos temos de ser agentes de mudança e formar os agricultores para um uso adequado desta nova geração de produtos mais tecnológicos e eficientes”, apelou Mário Casimiro, técnico gestor  de conta e distribuidor da Syngenta na Beira Interior, Beira Litoral, Oeste e Açores.

A empresa apresentou também aos seus distribuidores e segundo canal os fungicidas para vinha Recatium , um produto sistémico, à base de espiroxamina, para controlo do oídio; e Zosty Triple, um anti míldio sistémico e de superfície à base de fosetil-alumínio, foltepe e cimoxanil.

Para responder às necessidades do mercado agrícola de minifúndio, a Syngenta dispõe a partir desta campanha de uma nova embalagem de 20 ml para o fungicida Score.

Batata

Na cultura da batata, a novidade da Syngenta é o Ridomil 25, um fungicida sistémico da família química das fenilamidas, para tratamento preventivo do míldio de inúmeras culturas, com destaque para o míldio da batateira.
Aposta nas soluções biológicas

No âmbito da sua nova unidade de negócio Syngenta Biologicals, a companhia lançou o Nutribio N, um bioestimulante e fixador de azoto atmosférico no solo para a cultura do milho, formulado com o microrganismo Azotobacter sallinestris estirpe CECT9690.

No Campus Syngenta 2023 foram revelados os resultados dos ensaios de Nutribio N no pivot de milho do campo experimental da Anpromis — Associação Nacional dos Produtores de Milho e Sorgo, em Coruche, o bioestimulante permitiu uma redução de 40 UFN (unidades fertilizantes de azoto) com um aumento de produtividade de 993 kg/ha.

O reforço do catálogo de biosoluções é um dos eixos da estratégia da Syngenta para os próximos anos, apostando em produtos baseados em microrganismos naturais para controlo biológico de pragas, tais como Exployo Vit, Taegro, e Costar, e para melhoria do estado nutricional e resistência natural das plantas, tal como Nutribio N, e outros produtos da gama Valagro, empresa adquirida pela Syngenta em 2022.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Município do Seixal no TOP 3 da recolha de óleos alimentares usados de origem doméstica

Partilhar              O concelho do Seixal é um dos três concelhos do País, juntamente com os municípios …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.