Início / Agenda / Syngenta apresenta sustentabilidade nas sementes hortícolas na Fruit Logistica 2020

Syngenta apresenta sustentabilidade nas sementes hortícolas na Fruit Logistica 2020

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A equipa de sementes hortícolas da Syngenta estará novamente presente na Fruit Logistica, em Berlim, de 5 a 7 de Fevereiro. A empresa apresentará o seu portefólio de variedades, com o objectivo de apresentar soluções sustentáveis e de qualidade para toda a cadeia de valor.

Entre as novidades em exposição vai estar a completa gama de variedades de pimento, aptas para produção em todas as épocas do ano, com um vasto leque de resistências a doenças, e adequadas para todo o tipo de agriculturas, convencional ou biológica.

A mini-melancia sem sementes será uma das inovações em destaque este ano, um novo conceito de tamanho de fruto adaptado ao consumidor actual que quer contribuir para a redução do desperdício alimentar.

As dietas à base de frutas e hortícolas podem ter um papel importante na redução das emissões de carbono. Para conseguir uma mudança significativa e sustentável, a indústria obtentora de sementes deverá continuar a investir na melhoria do seu Desenvolvimento para gerar valor em toda a cadeia agroalimentar e apresentar inovações cada vez mais atractivas aos consumidores actuais.

Mil milhões de dólares em inovação

“A Syngenta anunciou recentemente o seu compromisso de investir mil milhões de dólares em inovação, destinada especificamente a contribuir para uma mudança significativa na sustentabilidade da agricultura”, afirma Arend Schot, director da Unidade de Sementes de Hortícolas da Syngenta para a Europa.

Os principais objectivos deste investimento em sustentabilidade agrícola anunciada pela Syngenta são:

  • Aumentar a qualidade e o valor nutritivo dos alimentos
  • Melhorar a resistência e adaptação às alterações climáticas
  • Reduzir o uso de fitofármacos
  • Reduzir tarefas de campo na produção das culturas
  • Contribuir para a redução do desperdício dos alimentos

Arend Schot cita como exemplos de inovações da Syngenta o novo brócolo multi-florete “Easy-Broq” e as variedades de tomate cherry pera, que contribuem para reduzir significativamente a perda de alimentos em cada ponto da cadeia de valor.

Serão apresentadas novas variedades de couve “Champion”, que demonstraram grande resistência aos efeitos das alterações climáticas, e em particular às principais doenças, o que permite obter maior produtividade e de melhor qualidade.

“Dedicar um maior esforço à procura de traços genéticos concretos e a tecnologias de produção que tornem as culturas mais sustentáveis, ajudará os agricultores a contribuir para uma melhor preservação do solo, a proteger os recursos naturais e a aumentar as boas práticas agrícolas mais adequadas ao clima actual, algo que também preocupa os consumidores”, acrescenta Arend Schot.

Salão Future Labs: “Abrindo a porta ao futuro da produção de plantas”

Os visitantes da Fruit Logistica terão a oportunidade de assistir à apresentação: “Abrindo a porta ao futuro da produção de plantas”, celebrada na International Seeds Federation (Future Labs Hall 27, quarta-feira, 5 de Fevereiro, 14h00).

Alexandra Brand, directora de Sustentabilidade da Syngenta, integrará um painel de especialistas do sector para explorar os benefícios que as novas tecnologias poderão oferecer aos consumidores e aos retalhistas.

“As inovações actuais na produção de frutas e hortícolas oferecem uma solução importante face ao desafio global de construir sistemas alimentares sustentáveis face às consequências das alterações climáticas e com o desafio de cumprir com a crescente procura de qualidade e de alimentos saudáveis e nutritivos pelos consumidores”, afirma Alexandra Brand. “Queremos estabelecer um diálogo positivo e mostrar à sociedade como estas inovações contribuem para a sustentabilidade da cadeia de valor agroalimentar e para os próprios consumidores”.

Prémio à inovação

O inovador tomate YOOM da Syngenta, tomate cereja de cor púrpura, foi nomeado para o prestigiado Fruit Logistica Innovation Award (FLIA). Estes prémios galardoam as inovações que se destacam pelo seu contributo para a cadeia de abastecimento de frutas e hortícolas, desde a produção ao ponto de venda.

Jeremie Chabanis, chefe da Cadeia de Valor para a Europa, afirma que o “YOOM demonstrou que é uma variedade verdadeiramente excepcional pelo seu sabor único e teor nutritivo, combinados com a atractiva cor púrpura da sua pele. Já é um sucesso entre os produtores e garante uma grande experiência de sabor aos consumidores”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Docapesca investe 180 mil euros para reabilitar Lota da Nazaré

Partilhar            A Docapesca – Portos e Lotas adjudicou a empreitada de reabilitação da Lota da Nazaré …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.