Início / Agricultura / Syngenta apresenta os novos insecticidas Afinto e Voliam

Syngenta apresenta os novos insecticidas Afinto e Voliam

A Syngenta apresentou as duas novas soluções ao mercado português, a 16 de Fevereiro, num webinar onde participaram várias dezenas de técnicos da produção e da distribuição. O Afinto e o Voliam.

O Afinto é uma solução insecticida, à base da nova substância activa Flonicamida, para controlo de afídeos em culturas fruteiras, hortícolas e ornamentais. Apresenta um modo de acção único, é eficaz a baixa dose e respeita a fauna auxiliar.

Já o Voliam é um produto novo, à base de Clorantraniliprol, para controlo de insectos lepidópteros e coleópteros, em culturas pomóideas, prunóideas, vinha, frutos secos, milho e batata.

Afinto

Gilberto Lopes, field expert da Syngenta, explicou que o Afinto proporciona uma protecção eficaz e de rápida acção contra 40 espécies de afídeos, actuando ao nível do sistema nervoso dos insectos. “Os afídeos sugam a seiva das folhas tratadas com Afinto e ao fim de uma a duas horas param de se alimentar, cessando a produção de melada e, com isso, terminam os estragos provocados na cultura”, disse.

A persistência de acção do Afinto é de até 21 dias, conferindo protecção sistémica das folhas jovens não tratadas e das folhas enroladas, onde os afídeos frequentemente se escondem.

Duas das características mais relevantes do Afinto são a sua eficácia a muito baixa dose e a selectividade para a maioria dos artrópodes auxiliares, podendo ser aplicado em culturas onde são realizadas largadas de insectos predadores ou parasitóides auxiliares, refere uma nota de imprensa da Syngenta. “É um insecticida seguro para os aplicadores, o meio ambiente e os consumidores”, garante.

A Syngenta recomenda a aplicação do Afinto de forma preventiva e em pré-floração das culturas para evitar a persistência de resíduos na fase final do ciclo. “Quando começam a surgir os primeiros afídeos na cultura devemos realizar o tratamento para ter um reservatório de substância activa na cultura antes da instalação da população da praga”, aconselha Gilberto Lopes.

Voliam

Por sua vez, o Voliam é um novo insecticida da Syngenta, à base de Clorantraniliprol, para controlo de lepidópteros e coleópteros, autorizado para aplicação em diversas culturas, nomeadamente, pomóideas, prunóideas, vinha, frutos secos, milho e batata. Controla de forma eficaz pragas como o bichado, a traça-dos-cachos, a anársia e as lagartas mineiras.

O Clorantraniliprol tem uma acção translaminar nas folhas com um efeito ovo-larvicida e larvicida, actuando nos insectos por contacto/ingestão. As pragas deixam de se alimentar (cessam os estragos), reduzindo os seus movimentos em poucas horas após a aplicação de Voliam, morrendo após 2 a 3 dias.

O Voliam é eficaz a baixa dose, mesmo com temperaturas baixas e é resistente à lavagem pela chuva ou rega. A Syngenta recomenda o posicionamento do produto ao pico do voo dos insectos para um melhor controlo das pragas, tirando partido do efeito ovo-larvicida e larvicida.

Sistema Héliosec

Para uma gestão adequada dos efluentes fitofarmacêuticos, resultantes da lavagem dos equipamentos de aplicação, a Syngenta recomenda a instalação do sistema Héliosec. Felisbela Torres de Campos, head of regulatory & business sustainability da Syngenta em Portugal, explicou no webinar que este sistema inovador, usado por empresas e cooperativas agrícolas de referência em Portugal, “elimina definitivamente os efluentes fitofarmacêuticos através de um processo de desidratação natural, por acção do sol e do vento, é fácil de instalar e permite aos agricultores proteger o ambiente”. O Héliosec é uma das iniciativas da Syngenta no âmbito do seu plano de compromissos com a agricultura sustentável – o “The Good Growth Plan”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Fórum Açores Bio associa-se à Feira Agrícola 2022

Partilhar              O 2º Fórum da Agro-pecuária Biológica – Açores Bio 22 – associou-se à Feira Agrícola …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.