Início / Featured / Stocks de bacalhau na Islândia no valor mais alto desde 1996

Stocks de bacalhau na Islândia no valor mais alto desde 1996

Os stocks de bacalhau em águas islandesas continuam a subir e a última missão marítima do Instituto Islandês de Pesquisa Marítima (MFRI) concluiu que a biomassa do bacalhau está ao nível dos valores mais altos das últimas quatro décadas, ainda que oficialmente o registo só tenha começado em 1996.

A avaliação dos stocks de peixe, incluindo o bacalhau, decorreu no final do ano passado entre 4 de Outubro e 9 de Novembro.

Para actual época de pesca, os totais admissíveis de captura (TAC) subiram 13.572 toneladas para um total de 257.572 toneladas, sendo que em 2010 não ultrapassaram as 160.000 toneladas.

Situação muito positiva

Gudný Káradóttir, directora do departamento de Alimentação, Pescas e Agricultura da Iceland Stofa, considera que a “situação dos stocks de bacalhau é muito positiva com os números a subirem praticamente sem interrupções desde 2007, ano em que vários stakeholders do sector da pesca, incluindo governo, organizações oficiais e operadores privados, assinaram um acordo para garantir a sustentabilidade da pesca na Islândia”.

Aquela responsável acrescenta que “este acordo impõe uma série de medidas que visam garantir uma pesca responsável. A pesca e os seus derivados são um dos principais sectores da actividade económica da Islândia e lideram a par do alumínio a lista de produtos mais exportados”.

Este estudo é um indicador importante para aferir a sustentabilidade das espécies de peixe em águas islandesas, para além do bacalhau foram ainda analisadas espécies como o alabote da Gronelândia, o cantarilho, o escamudo e a arinca.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Cotações – Cereais – Informação Semanal – 13 a 19 Junho 2022

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas Cereais Outono-Inverno Esta semana foi dada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.