Início / Featured / Startup da salicórnia, Horta da Ria entra na incubadora de Ílhavo

Startup da salicórnia, Horta da Ria entra na incubadora de Ílhavo

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Horta da Ria é a mais recente statup a entrar na Incubadora de Empresas do Município de Ílhavo. A assinatura do Contrato de Incubação com a Câmara Municipal teve lugar no passado dia 5 de Junho, permitindo o acesso a todos os serviços e meios existentes na incubadora.

A Horta da Ria dedica-se à produção e comercialização de salicórnia para a alimentação humana como substituto do sal ou para uso culinário em diferentes estados, seja em frescos, congelados, desidratados ou em pickles. Apesar de ser uma planta natural da Região de Aveiro, a salicórnia não é conhecida da grande parte da população pelo que “a comunicação e o marketing serão fundamentais para gerar um mercado regional e nacional”, salienta fonte da autarquia de Ílhavo.

Numa fase inicial, a produção será exportada para mercados do Centro e Norte da Europa, onde a salicórnia é consumida como produto gourmet. Em simultâneo, no que respeita ao mercado nacional, a Horta da Ria pretende facilitar, de forma progressiva, a visita turística e cultural aos locais de produção.

A Incubadora de Empresas do Município de Ílhavo, cuja missão é apoiar os empreendedores do município no desenvolvimento das suas ideias de negócio através da disponibilização de meios que lhes permitam transformar os seus projectos em realidades empresariais, recebe assim “mais uma iniciativa empresarial diferenciada e inovadora de referência para o sector da economia do mar. A Horta da Ria é a única empresa de produção de salicórnia a nível nacional com uma produção 100% biológica“, adianta a mesma fonte.

Parcerias

A Horta da Ria conta já com parcerias com outras empresas, com proprietários de marinhas para a produção de salicórnia e com a Universidade de Aveiro. De referir ainda que todo este trabalho tem vindo a ser realizado pelos seus sócios ao longo dos últimos três anos, mas que só recentemente, face aos resultados que foram sendo obtidos de viabilidade da ideia de negócio, tomaram a decisão de avançar para a criação formal desta startup sedeada na Incubadora de Empresas do Município de Ílhavo.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Ministro do Mar: captura de sardinha pode aumentar para 30 mil toneladas e ser prolongada pelo menos até Novembro

Partilhar              “Há condições para aumentar as possibilidades de captura de sardinha para 2021, possibilitando que a …

2 comentários

  1. Há algum tempo que esta planta me chamou a atenção. Na altura pensei exactamente num negócio de alternativa ao sal de cozinha especialmente para pessoas com tensão arterial alta. Sabia que a zona de Aveiro estaria fadada para a sua produção mas julgo que também o Algarve e a sua universidade a estão a estudar. Desejo por isso o maior sucesso aos empreendedores.

  2. António Firmino Raposo

    Há já alguns anos que gostava de semear, para consumo próprio, salicórnia, e só agoira encontrei a única casa que vende semente dessa planta – a vossa “Horta da Ria”. Vi que têm mais produtos derivados da salicórnia, além das sementes. Assim, com vista à aquisição, rogo a VªExª me informe, por esta via, se possível, dos vossos produtos e respectivos preços.
    Com os melhores cumprimentos, António Firmino Raposo anfirafox@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.