Início / Agricultura / Sovena certificada como Entidade Familiarmente Responsável

Sovena certificada como Entidade Familiarmente Responsável

O Grupo Sovena — uma das empresas líderes mundiais no setor do azeite, com as marcas Oliveira da Serra e Andorinha — acaba de receber a certificação de Entidade Familiarmente Responsável (efr), um reconhecimento de todo o trabalho desenvolvido pela empresa com o foco nas pessoas.

Esta certificação – atribuída pela Fundación Másfamilia e Associação Portuguesa de Certificação (APCER) – tem como objectivo a promoção de medidas de conciliação da vida profissional, pessoal e familiar, bem como a qualidade do trabalho no dia a dia, a igualdade de oportunidades, a diversidade, o desenvolvimento pessoal e profissional, a saúde e bem-estar, refere uma nota de imprensa da Sovena.

“Identificámos a necessidade de ter um modelo de gestão de pessoas, auditável e que permita, de uma forma objectiva e integrada, obter um conjunto de indicadores e métricas, para perceber como estamos e como podemos evoluir, visando sempre uma melhoria contínua”, afirma João Guerreiro, director de people & culture do Grupo Sovena, sublinhando que “o bem-estar dos nossos colaboradores é fundamental para a Sovena. São as nossas pessoas que nos levam mais longe”.

A Sovena tem vindo, ao longo dos anos, a “implementar um conjunto de práticas e benefícios dirigido aos colaboradores e também ao seu agregado familiar, nomeadamente um programa de apoio à família, seguros de saúde, pack de nascimento e de casamento, cabaz de Natal, consultas de medicina preventiva e curativa, enfermagem e nutrição, subsídio de livros escolares, bolsas de estudo para os colaboradores e para os seus filhos, prémios de desempenho, entre outras iniciativas”, acrescenta a mesma nota.

Com esta certificação, a empresa “conseguirá uma maior harmonia entre essas políticas, através da implementação de um plano de melhoria contínua, que será acompanhado de forma sistemática e que contará com o envolvimento das várias áreas. Trata-se de um processo a médio prazo, com vista a chegar à excelência e que trará não só benefícios internos, como também externos”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Inspectores de navios de São Tomé e Príncipe treinam na DGRM

Partilhar               A DGRM – Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos informa que esta semana …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.