Início / Agricultura / Seca leva a queda nos cereais de Inverno. Azeitona de regadio salva-se

Seca leva a queda nos cereais de Inverno. Azeitona de regadio salva-se

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As áreas semeadas de cereais de Inverno registaram, em 2017, uma diminuição generalizada, face à campanha anterior, de 5% no centeio e na aveia, 10% no trigo mole e no triticale e 15% no trigo duro.

A falta de humidade do solo foi o principal factor responsável por esta diminuição, segundo as previsões agrícolas do Instituto Nacional de Estatística (INE), em 31 de Dezembro.

Avança o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas, de Janeiro de 2018, do INE que quanto à azeitona para azeite, os efeitos da seca prolongada apenas se fizeram sentir nos olivais tradicionais de sequeiro.

Nos olivais intensivos, foi possível conduzir à plena maturação a elevada carga de frutos (resultado de uma abundante floração e bom vingamento), pelo que se estima um aumento da produção global na ordem dos 25%, com as azeitonas a apresentarem um maior rendimento em azeite.

Gado, aves e coelhos abatidos

Quanto ao peso limpo total de gado abatido e aprovado para consumo em Novembro de 2017 foi 40 676 toneladas, o que correspondeu a um decréscimo de 0,1% (+5,8% em Outubro). Registou-se um menor volume de abate de suínos (-1,0%), ovinos (-13,7%) e equídeos (-19,2%).

O peso limpo total de aves e coelhos abatidos e aprovados para consumo foi 29 872 toneladas, o que representou uma variação positiva de 8,2% (+7,8% em Outubro), devido a um maior volume de galináceos (+10,1%), patos (+12,2%) e coelhos (+10,0%).

Produção de aves e ovos

Por sua vez, o volume de produção de frango registou um acréscimo de 1,8% (-10,1% em Outubro), com 27 971 toneladas produzidas, acompanhado de uma redução do número de cabeças em 3,9% (-13,7% em Outubro), o que traduz um maior peso médio ao abate. A produção de ovos de galinha para consumo teve um decréscimo de 1,5% (+4,1% em Outubro), com 9.391 toneladas produzidas.

Produção de leite e produtos lácteos

Já a recolha de leite de vaca foi de 142,3 mil toneladas, o que significa um acréscimo de 4,6% (+2,7% em Outubro). A produção total de lacticínios apresentou um aumento, à semelhança do mês anterior, de 13,4% (+6,4% em Outubro), devido à maior produção de lácteos frescos, caso do leite para consumo (+14,9%) e dos leites acidificados (+15,8%).

Preços e índices de preços agrícolas

Em Dezembro de 2017, as maiores variações em módulo no índice de preços de produtos agrícolas no produtor foram observadas nos ovos (+32,8%), nas aves de capoeira (+13,8%), nos hortícolas frescos (+11,4%) e na batata (-60,6%). Em comparação com o mês anterior, as variações de maior amplitude ocorreram nas plantas e flores (+5,9%), na batata (+5,3%) e nos ovinos e caprinos (+4,8%).

Em Setembro de 2017 registaram-se evoluções positivas de 0,4% e de 0,8% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente (INPUT I) e no índice de preços de bens e serviços de investimento (INPUT II), respectivamente.

Relativamente ao mês anterior, verificou-se um aumento de 0,1% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente. No índice de preços de bens e serviços de investimento não se observou qualquer alteração.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Feira de Vinhos do Continente destaca 400 rótulos em promoção

Partilhar            A Feira de Vinhos está de regresso às lojas Continente e Online, de 24 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.