Início / Agenda / Searas com Biodiversidade – Salvemos a águia-caçadeira. Projecto lançado a 17 de Maio

Searas com Biodiversidade – Salvemos a águia-caçadeira. Projecto lançado a 17 de Maio

O Pólo de Inovação de Elvas do INIAV — Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária recebe a assinatura do Protocolo de Parceria para o Desenvolvimento do Projecto “Searas com biodiversidade: salvemos a Águia-caçadeira”, no próximo dia 17 de Maio. O protocolo é firmado durante a sessão de discussão subordinada ao tema ‘Soberania Alimentar e Agricultura em Portugal’.

São parceiros deste projecto o Clube de Produtores do Continente, o Biopolis/CIBIO (Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos), a Anpoc — Associação Nacional de Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais e a Palombar — Conservação da Natureza e do Património Rural.

A Palombar é uma organização não governamental de ambiente sem fins lucrativos, criada em 2000, que tem como missão conservar a biodiversidade, os ecossistemas selvagens, florestais e agrícolas e preservar o património rural edificado, bem como as técnicas tradicionais de construção.

Sessões para agricultores

Entretanto, a Palombar realizou uma série de sessões de sensibilização e esclarecimento sobre a protecção da águia-caçadeira dirigidas a agricultores do Planalto Mirandês, uma área fundamental para a conservação desta espécie no Norte do País.

As sessões, que tiveram como público-alvo os agricultores locais, decorreram em três freguesias de Miranda do Douro e numa de Mogadouro: em Ifanes, no dia 2 de Maio; em Malhadas, no dia 3 de Maio; em Duas Igrejas, no dia 4 de Maio e em Brunhosinho, no dia 5 de Maio.

O objectivo principal destas sessões foi envolver os agricultores locais na protecção e conservação desta espécie benéfica para a produção agrícola e que depende do habitat das searas para a sua sobrevivência, de forma a que estes sejam agentes activos e colaborem com os técnicos de conservação da natureza para, juntos, assegurarem que as searas mantenham a sua biodiversidade.

Foram também abordados temas relacionados com as linhas orientadoras da Política Agrícola Comum (PAC) e a sua convergência com a promoção de uma agricultura produtiva e ambientalmente sustentável.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

2.º Fórum da Agropecuária Biológica AçoresBio arranca a 20 de Maio no Faial

Partilhar              O 2.º Fórum da Agropecuária Biológica AçoresBio – este ano AçoresBio22 – arrancará na Ilha …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.