Início / Apoios e Oportunidades / Santander Totta e Fundação da Juventude desafiam PME a receber jovens licenciados

Santander Totta e Fundação da Juventude desafiam PME a receber jovens licenciados

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Santander Totta associou-se à Fundação da Juventude e lançou um novo programa de estágios destinado a jovens até aos 28 anos e com licenciatura concluída há menos de 2 anos.

Para acolher estes jovens foram criadas 200 bolsas de estágio às quais podem candidatar-se as pequenas e médias empresas (PME) nacionais que estejam dispostas a receber e acompanhar estagiários por um prazo de 3 meses. As candidaturas para as empresas iniciam no dia 18 de Abril e estendem-se até 2 de Maio, data a partir da qual os jovens podem candidatar-se às vagas disponíveis, nas mais variadas áreas de formação.

As candidaturas das empresas e dos recém-licenciados devem ser efectuadas através da plataforma www.fjuventude.pt/pmejovem.

Os estágios têm como objectivo integrar os recém-diplomados no mundo do trabalho, atribuindo-lhes tarefas de acordo com um plano individual de formação, para 3 meses, elaborado pela entidade de acolhimento. Deste modo, as PME devem nomear um orientador para acompanhar e supervisionar o desenvolvimento do jovem, bem como assegurar o cumprimento do respectivo plano de estágio.

Bolsa mensal de 550 euros

No final do estágio, os jovens devem elaborar um relatório final destinado a ser validado e avaliado pelos respectivos orientadores. Os jovens licenciados têm direito a uma bolsa mensal de 550 euros, um seguro de acidentes pessoais e um certificado de estágio, emitido pelo Banco Santander Totta em parceria com a Fundação e a respectiva entidade de acolhimento.

De acordo com o presidente executivo da Fundação da Juventude, Ricardo Carvalho, “o Programa de Estágios nas PME Santander Jovem surge como um importante complemento à formação académica dos recém-diplomados, ao mesmo tempo que promove a integração dos jovens no mundo do trabalho, permitindo às PME conhecerem e formarem estagiários com formação superior e com experiência na sua área de actividade”.

Segundo o director coordenador do Santander Universidades, Marcos Soares Ribeiro, “o banco considera a integração no mercado de trabalho dos recém-licenciados, através da empregabilidade ou o empreendedorismo, um dos desafios mais importantes do Ensino Superior. Neste sentido, temos vindo a apoiar inúmeras acções que visam apoiar este eixo de intervenção. O programa Santander Jovem que lançamos agora com a Fundação da Juventude, visa, por um lado, reforçar a oferta de bolsas de estágio a recém-licenciados que lançámos o ano passado e, por outro lado, conjugar esforços com uma entidade que tem uma intervenção firme nesta área”.

A Fundação da Juventude é uma instituição privada, de interesse público, sem fins lucrativos, criada em 1989, focada na formação, empreendedorismo e apoio ao emprego jovem.

O Banco Santander Totta e a Fundação da Juventude consideram que para o desenvolvimento da sociedade portuguesa é fundamental facilitar o acesso ao primeiro emprego para diplomados do Ensino Superior, assim como dotar as PME de novos talentos recém-formados. Nessa sequência lançaram o Santander Jovem – Programa de Estágios nas PME’s, através do qual são atribuídas 200 bolsas de estágio neste tipo de empresas, durante 3 meses, para Licenciados e Mestres há menos de 2 anos.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Fenareg pede reforço do financiamento ao regadio no Plano de Recuperação e Resiliência

Partilhar            A Fenareg – Federação Nacional de Regantes de Portugal considera insuficiente a verba destinada à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.