Início / Agricultura / Saiba tudo sobre a origem do Alvarinho. Folheto técnico de Monção e Melgaço online

Saiba tudo sobre a origem do Alvarinho. Folheto técnico de Monção e Melgaço online

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O folheto técnico de Monção e Melgaço já se encontra disponível para download no site da CVRVV — Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes. Agora pode ficar a saber tudo sobre a origem do Alvarinho.

A Alvarinho é uma casta cultivada particularmente na sub-região de Monção da Região Demarcada dos Vinhos Verdes, mas que dada a sua elevada qualidade tem sido levada para outros pontos da região e do País.

Produz mostos muito ricos em açúcares e contudo apresenta um razoável teor em ácidos orgânicos; o vinho elementar caracteriza-se por uma cor intensa, palha, com reflexos citrinos, aroma intenso, distinto, delicado e complexo, com aromas que vão desde o marmelo, pêssego, banana, limão, maracujá e líchia (carácter frutado), a flor de laranjeira e violeta (carácter flo-ral), a avelã e noz (carácter amendoado) e a mel (carácter caramelizado), e de sabor complexo, ma-cio, redondo, harmonioso, encorpado e persistente.

Casta bastante rústica

É uma casta medianamente vigorosa mas bastante rústica. Com um elevado índice de fertilidade apresenta com frequência 3 inflorescências por lançamento, dando origem a cachos muito pequenos, alados e medianamente compactos, o que a torna uma casta pouco produtiva; este aspecto, é contemplado nos estatutos da região, que lhe fixa um rendimento máximo por hectare de 60 hl, contra o de 80 hl para as restantes castas.

Exige terrenos secos para potencializar a qualidade do vinho a que dá origem, facto que associado à natureza ácida dos solos em que é cultivada, torna-a bem adaptada ao porta-enxerto 196-17.

Porta-enxertos como o S04 ou R99, poderão usar-se em conformidade com o terreno (respectivamente mais fresco e mais seco), sem contudo nos alhearmos dos riscos de perda de açúcares e “performance” aromática, em situações que lhe aumentem o vigor e consequentemente atrasos na maturação. É uma casta precoce no abrolhamento e na maturação. Revela-se uma casta sensível ao míldio e oídio, muito sensível à acariose e atreita à esca.

Pode fazer o download do folheto técnico de Monção e Melgaço aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Portos dos Açores avança com reparação do molhe do Porto das Lajes do Pico

Partilhar            O Governo Regional dos Açores decidiu avançar com o procedimento, através da Portos dos Açores, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.