Início / Agricultura / Rui Martinho substitui Nuno Russo como secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural

Rui Martinho substitui Nuno Russo como secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Rui Manuel Costa Martinho tomou ontem, 15 de Dezembro, posse como secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, em substituição de Nuno Russo.

o novo governante foi presidente do conselho directivo do IFAP — Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (de Março a Dezembro de 2020), vogal do conselho directivo do IFAP, gestor adjunto do Programa de Desenvolvimento Rural (PRODER e PDR 2020), e adjunto do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.

Rui Martinho nasceu em São João da Pesqueira em 1963. É licenciado em Engenharia Agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia, tem um curso de pós-graduação em Estudos Europeus da Universidade Católica Portuguesa, um curso de Mestrado em Economia Agrária e Sociologia Rural do Instituto Superior de Agronomia.

Tem ainda uma pós-graduação em Gestão Pública – Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública e o Curso Avançado de Gestão Pública, no Instituto Nacional de Administração.

O novo secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural foi ainda director de Serviços no Gabinete de Planeamento e Políticas do MADRP, vice-presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural e Hidráulica e adjunto do Gabinete do Secretário de Estado do Desenvolvimento Rural.

Foi igualmente chefe de divisão no GPPAA, perito nacional destacado na DG Agricultura da Comissão Europeia, e técnico superior no Ministério da Agricultura e na Comissão de coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

UE aprova regime português de 150 M€ para apoiar empresas dos Açores afectadas pela pandemia

Partilhar            A Comissão Europeia aprovou, ao abrigo das regras da União Europeia em matéria de auxílios …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.